Segunda-feira, 31 de Agosto de 2009
MESSEJANA.MAIS UMA SEMANA.ATÉ 6 DE SETEMBRO
200420093596

 

Para quem esteja a regressar ou a ir para os Algarves, pode fazer um desvio na A2 e sair em Aljustrel, segue direcção a Messejana. É perto e bom caminho. A Exposição "Perto do Princípio" está por lá mais uma semanita!

Obrigado.

antónio colaço


publicado por animo às 15:38
link do post | comentar | favorito
|

LARGO DO CINETEATRO SOFRE NOVO ATENTADO
190820091058

 

 

 

 

 

 

 

 

300820091210a

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mão amiga fez-nos chegar o desenho final da obra que se agiganta em pleno Largo do Cineteatro, em Mação. Já não bastava a volumetria e o (des)alinhamento, no final, o produto vai ser este! Ou seja, a descaracterização total de Mação continua e nós a vê-los passar!

Alguém consegue explicar esta contradição de uma Câmara que só ve a preservação das gravuras rupestres à sua frente mas, pelo contrário, pouco a pouco promove a descaracterização de Mação com estas modernices. Lembramos o caso patente na Rua de Sto António, onde uma casinha de rés-do-chão deu origem a um gigante de três modernaços andares. Como é, senhor presidente?!

Vamos dar uma lista de projectos modernaços que pode utilizar para substituir os velhos edifícios que estão a cair.Aguarde!

antónio colaço


publicado por animo às 08:59
link do post | comentar | favorito
|

ABÓBORAS, SIMPLESMENTE
300820091211a

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nem só de porcas misérias vive o quotidiano de Mação. Mestre Salvador responde à crise com as abóboras que se vê!

antónio colaço


publicado por animo às 08:47
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 30 de Agosto de 2009
O MISTÉRIO DA ÁGUA PORCA DE MAÇÃO
020820096502

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Hoje, Domingo,9.40, a água de Mação, na Rua Mons Alvares de Moura, bem pior do que a desta imagem.

Procurámos e encontrámos, bem perto, no Largo Dr.Samuel Mirrado, paredes meias com a vetusta Matriz, a origem da misteriosa chafurdice que escorre nas torneiras do Centro Histórico.

290820091190t

 

 

 

 

 

 

 

 

 

290820091191a

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De facto, daquela escultura do grande empreendedor do Mação de outrora, Dr. Samuel Mirrado, que um demagógico cartaz eleitoral praticamente esconde, era audível uma voz cansada, sussurando:

- Sr. internauta, por favor, só o Sr é que me pode dar ouvidos!!!!Liberte-me, tirem-me daqui ou, então, por favor, afastem de mim esta imunda porca que continuamente lança aqui os seus suínos dejectos!!!Nunca esperei ver isto nos meus dias!!!E queixa-se o senhor da qualidade da água da sua rua!!! Pois fique a saber que é aqui que reside o mal!!!Esta porca não me larga há que séculos, para não falar da cabra que me dá cabo da pouca erva verdejante!!!Não há ninguém que ponha cobro a isto?! O Sr. Provedor de Justiça, por que não lhe fazem uma exposição?Sim, assim resolvia o seu problema da qualidade de água e eu o meu da qualidade do ambiente!

- Oh! Dr. Samuel olhe que acaba de nos dar uma belíssima ideia e como o homenzinho tomou agora conta do cargo é bem capaz de dar uma boa ajuda e como tem lá uns assessores que adoram deixar escapar os assuntos para as televisões....

Conclusão: depois da Porca de Murça, alguém quis criar a imagem da  Porca de Mação.Assim como as gravuras do Coa, de que já ninguém fala, e sim nas gravuras de Mação, tá-se a ver...

antónio colaço


publicado por animo às 10:40
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 29 de Agosto de 2009
WEBANGELHO
anselmoborges_deus2

 

 

 

 

 

Pe Anselmo Borges

(In DN de hoje)

280820091178

 

 

 

 

 

 

 

 

NR - Com o sol a pôr-se no Vale das Árvores o adeus às férias só encontra alento nas sábias palavras de Anselmo.Obrigado, bom Amigo.ac

A TENTAÇÃO DO CRISTIANISMO

 

Deus em Cristo "ocupa-se de cada um em pessoa e pessoalmente" e dá-lhe a vida eterna, na ressurreição (...)

 

Na França, talvez o país europeu mais laico, não há receio de debater, ao mais alto nível e publicamente, com a participação de alguns dos filósofos hoje mais influentes, a questão da religião e, concretamente, do cristianismo. Assim, realizou-se na Sorbonne, em 2008, um debate sobre o tema em epígrafe, de que resultou um livro, acabado de editar, com o mesmo título: La tentation du christianisme.

É que - lê-se na introdução - não se pode esquecer que "a religião foi durante muito tempo a nossa cultura e continua a sê-lo, mesmo sem darmos por isso. Sem uma reapropriação lúcida e esclarecida dessa herança, é grande o risco de ver ressurgir os demónios do passado": os fundamentalismos e "um materialismo hiperbólico".

A filosofia leva consigo três perguntas fundamentais, como disse Kant: Que posso saber?, que devo fazer?, que me é permitido esperar? No fundo, o que as atravessa é a questão do Homem e do sentido da existência. Há uma teoria, que responde à pergunta pela realidade global enquanto lugar onde se joga a existência humana. Há uma ética, que pergunta pelas regras do jogo. A terceira pergunta tem a ver com a finalidade do jogo e a salvação: o quê ou quem nos salva da finitude e do temor da morte?

Segundo Luc Ferry, antigo ministro da Educação da França, para perceber como é que o cristianismo se tornou chave da cultura ocidental, não há como compará-lo com a filosofia grega e, nomeadamente, o estoicismo, no quadro das três interrogações apontadas. De facto, o cristianismo operou uma revolução nos três aspectos: teórico, ético e soteriológico.

Em primeiro lugar, uma revolução no plano da teoria. Na perspectiva grega, o cosmos é theion, isto é, divino, e também Lógos, "lógico", racional, derivando daí a ética: o bem, para os estóicos, era a justeza, isto é, estar ajustado à ordem do cosmos.

Na perspectiva cristã, o Lógos divino encarna numa figura humana, Jesus, como diz o Evangelho segundo São João: "No princípio era o Lógos, o Lógos era Deus e o Lógos fez-se carne (Homem)". Deparamo-nos então com uma dupla revolução, ontológica e epistemológica: "O ser supremo, o divino, deixa de ser uma estrutura anónima e cega para tornar-se uma pessoa; o modo de apreensão ou de conhecimento do divino já não é essencialmente a razão, mas a fé." É fundamentalmente com a fé-confiança que se vai ao encontro das pessoas.

Daqui, deriva uma revolução ética. A cosmologia grega implicava um mundo hierarquizado e aristocrático, confundindo-se a dignidade moral com os talentos naturais. O cristianismo apresenta o escândalo de um Deus encarnado numa figura humana frágil e, agora, o valor moral já não provém dos dons naturais, mas da liberdade: pense-se na famosa parábola dos talentos - afinal, o decisivo não são os talentos recebidos, mas o que deles se faz. Assim, a infinita dignidade da pessoa humana e a igualdade radical de todos vieram ao mundo pelo cristianismo e "todas as morais democráticas, sem excepção, são directamente suas herdeiras".

Finalmente, uma revolução soteriológica. Se o divino já se não confunde com a estrutura cega e anónima do mundo, mas encarnou, identificando-se com uma pessoa concreta, a salvação muda de sentido, tornando-se uma promessa e um compromisso de Cristo, de uma pessoa com outras pessoas, portanto, "um assunto de intersubjectividade, não de mundanidade". Deus em Cristo "ocupa-se de cada um em pessoa e pessoalmente" e dá-lhe a vida eterna, na ressurreição: "Poder reviver e reencontrar depois da morte os que amamos - vamos reencontrar a pessoa amada com o rosto do amor. A promessa é, evidentemente, grandiosa. É aqui que se encontra o coração do coração da tentação cristã, da sedução que o cristianismo exercerá sobre os homens."

Luc Ferrry não crê, porque "é demasiado belo para ser verdade". Outros, porém, acreditaram e acreditam, precisamente porque o cristianismo mostra a sua verdade na sua correspondência com o dinamismo mais fundo do ser humano. Cabe a cada um decidir.


publicado por animo às 09:21
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 28 de Agosto de 2009
A(SSA)SSINATURAS & (DES)ALINHAMENTOS
12082009786

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Venha daí para um pequeno exercício com três hipóteses de trabalho!

HIPOTESE A 

 A ânimo descobriu a mais recente gravura rupestre bem vincada e cinzelada em discreta rocha do Vale do Ocreza e a caminho vêm já, interrompendo as suas mais que  merecidas férias, as mais altas sumidades da arqueologia rupestre que têm feito de Mação a grande capital da dita.

HIPÓTESE B

A assinatura que divulgamos é de um puto entusiasmado com a descoberta da escrita - "Paizinho, já sei escrever o meu nome, olha! Olha! "- e que tem passado os dias deste quente Verão em discretos ensaios caligráficos permitindo que a aragem da tarde deixasse esvoaçar da panorâmica varanda do seu terceiro andar, por providencial distracção, esta folha que um atento maçanico fez chegar à nossa redacção.

ÚLTIMA HIPÓTESE

Imagine uma folha A4. Divida-a em três partes, dedique-lhe a terceira e última parte para receber esta assinatura.

Que tal? O que acha? Infantil afirmação de  poder? Insatisfação com a obra feita ? Procura angustiada de uma qualquer compensação?

Não perca mais tempo. Provavelmente nunca irá receber um ofício com uma assinatura desta grandiosidade.

De facto, o munícipe que no-la facultou não passa de um simples cidadão a quem calhou a sorte de uma autuação no valor de 500 euros por transgressões várias, nomeadamente, de supostos "desalinhamentos"!

Vá ao Largo do Cineteatro e veja só o "alinhamento" - para não falar da excessiva volumetria da obra ali em execução bem nas "barbas" da Câmara!

190820091058

 

 

 

 

 

 

 

 

08082009722

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De facto há assinaturas que vêm por bem! No inconsciente deste senhor, no momento da assinatura, deve ter passado qualquer coisa tipo deste género vou a(ssa)ssinar-te com uma caligrafia não da minha altura mas....do tamanho do meu poder!

"Oh! Vã gloria de mandar"

antónio colaço


publicado por animo às 08:25
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 27 de Agosto de 2009
CREDO!!!!
16082009984

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe-me adivinhar o que está a imaginar:

- Aí está a última iniciativa empresarial do mais famoso empresário/autarca, ou será o contrário - que a gente de tão confundida já nem sabe distinguir com clareza.... - que depois do ramo dos equipamentoas para casa de banho, do ramo dos queijos/mel/alfaces/abóboras/doçaria/enchidos, para não falar do ramo farmacêutico/clínico, surpreende-nos, agora, com uma investida na .... restauração mas de cariz...rupestre tipo, lebre esfolada com salada de carqueja, coelho morto à paulada  servido em eucaliptada, febras de sardão com molho de sardaniscas escalfadas....

Não, deixe-se de maledicências. A pessoa em causa quer é paz e sossego e depois de falhar na previsão das muitas filas de pessoas que, a caminho dos Jumbos de Castelo Branco parariam em Mação para comprar nas suas lojas, em regra sempre às moscas, agora o que quer é dedicar-se mesmo a conseguir vencer o candidato da oposição, aliás, um candidato imparável e imbatível a contratar artistas pimba para as festas da sua terra, iniciativas que, apesar de tudo, deixam o social democrata muito  perturbado tal o impacto cultural das referidas iniciativas, tipo, "nunca se sabe, pode ser desta que me retirem o vitalício cargo"!!!

Pode estar tranquilo, ainda não é desta que o sector da restauração da nossa terra vai sentir a concorrência desleal neste sector. A imagem que reproduzimos, provavelmente, até já tropeçou nela, pois encontra-se a Sul, na animada cidade de Portimão que promove, entre outros, o Festival da Sardinha, qualquer coisa assim de muito parecido mas sem a grandiosidade dos nossos Festivais da Lampreia, do Cabrito, etc, etc, etc, etc,etc.

antónio colaço


publicado por animo às 07:26
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 26 de Agosto de 2009
MÁGUAS DE MAÇÃO
260820091151

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Esta imagem é das 9.30 da manhã de hoje.

Ainda mais barrenta que ontem.

Não há notícia de nenhuma indignação.

Não há sinais de  nenhuma manifestação dos tão pacíficos quanto resignados habitantes depositando nas escadarias dos Paços do Concelho de Mação os mil garrafões contendo, engarrafada, as mil horas de um silencioso desespero.

Por isso não virão as SICs, as TVIs e as RTPs para abrirem os telejornais.

Por que é que em Mação ninguém protesta, ninguém diz nada!

Por que é que em Mação é tudo tão previsível e a democracia  qualquer tipo de eleição aqui dispensaria?!

Mágoas de Mação, mágoas das suas serras vendo sofrer os seus habitantes num Mação cheio de nascentes de águas limpidas e puras.

Pudessem ao menos descer das fontes, galgar seus montes e de uma vez por todas lavar as mentes daqueles que nos mentem, todos os dias, com todos os dentes que têm nas desenvergonhadas caras.

Ah! Que saudades de erguer a cristalina taça brindando, dessedentado, à fresca água de Mação que desde cedo me conquistou!!!

antónio colaço


publicado por animo às 11:56
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 25 de Agosto de 2009
MAÇÃO A CONCRETIZAR SONHO:ÁGUA SEM NÓDOAS!!!
250820091149

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Internet é  mesmo a única arma a que podemos recorrer para não calar a nossa indignação perante a continuada falta de qualidade da água que consumimos, que bebemos!

Esta imagem é de há minutos! Ontem, os serviços camarários de Mação andaram por perto, na rua onde moramos, quiçá, para evitar mais imagens como esta, pensámos!!!

Qual o quê!!!É o que se vê!

Razão tinha o ex-vereador Almeida: a Câmara de Mação vai ter de gastar até ao último cêntimo para adquirir "tira-nódoas"sim,  mas, para, de uma vez por todas, nos distribuir água tão límpida como a que brota em abundância das nossas serras. De facto, avolumam-se cá em casa as peças de roupa que mudaram de cor graças ao engenho e arte da nossa querida Câmara.

Admirem-se que um destes dias o povo, finalmente, à semelhança da Entidade do Ambiente que retirou a bandeira azul à Praia do Carvoeiro, o povo retire, finalmente, esta gente do lugar onde está e onde continua a dar provas de uma total incapacidade para resolver um problema com mais de 35 anos de atraso. Ainda se não tivéssemos água com qualidade!

antónio colaço


publicado por animo às 10:53
link do post | comentar | favorito
|

A RITA NO PARALELO 38.UMA MULHER DE CORAGEM NAS COREIAS!
nao-fala-nao-mexe-nao-respira[1]

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como Pai, não tenho palavras para a emocionada descrição que a Rita acaba de editar no seu regresso ao Paralelo 38, nas Coreias, mas, agora, do lado Sul.

Está tudo aqui!

Uma mulher de coragem nas Coreias. Acredito que a Rita voltará um dia e, aí, à 3ª, a LIBERDADE será de vez!

antónio colaço


publicado por animo às 07:57
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 24 de Agosto de 2009
SUBLIME
220820091142

 

 

 

 

 

 

 

 

 A caminho da Lagoa Comprida.Sábado.

Obrigado.

antónio colaço


publicado por animo às 08:35
link do post | comentar | favorito
|

WEBANGELHO.Gripe A e Teologia
anselmoborges_deus2

 

 

 

 

 

Pe Anselmo Borges (In, DN Domingo)

Médicas e médicos amigos que muito considero e prezo pediram-me que escrevesse um artigo sobre a gripe A e a comunhão na Missa. Seria um contributo para a saúde pública.

É o que vou tentar, consciente de que se trata, paradoxalmente, de um tema melindroso para alguns, dado o facto de os católicos ao longo de tanto tempo terem sido educados no quadro do preceito eclesiástico estrito de comungarem na boca. Uma prova do melindre está em que, apesar de ter tentado delicadamente levar as pessoas a comungar na mão, não tive ainda êxito pleno.

Em primeiro lugar e referindo-me ao tema de modo genérico, penso que a questão da gripe A deve ser encarada com responsabilidade, o que significa, em termos simples, sem leviandade, portanto, seguindo as normas da OMS (Organização Mundial da Saúde), mas também sem histerismo. E não me passa pela cabeça que alguém cometa a infâmia de contagiar seja quem for intencionalmente. Espera-se que o Ministério da Saúde continue operante, eficaz e gerindo o problema com dignidade responsável.

Será neste quadro da responsabilidade que há-de situar-se uma colaboração sadia dos bispos e do Ministério no referente a grandes ajuntamentos religiosos, como Missas ou peregrinações.

É neste âmbito também, embora indo para lá dele, que apelo vivamente à comunhão na mão. De facto, é preciso reconhecer que a comunhão na boca está sujeita a grande perigo de contágio, como qualquer pessoa minimamente atenta pode constatar. Assim, devendo os católicos ser responsáveis e exemplos de responsabilidade, não podem pôr em perigo a saúde dos outros nem a própria. Todos reconhecerão, pois, facilmente que é um dever moral todos comungarem na mão e não na boca. Aliás, não faltará - e bem - quem associe, no caso, ética e estética: quem duvida que é mais estético receber a hóstia na mão aberta do que na língua estendida?

Mas, aqui, surgem debates aparentemente teológicos. Por exemplo: que comungar na boca é sinal de respeito pela presença de Cristo na hóstia consagrada. Mas eu pergunto: será porventura a língua mais digna do que as mãos? As pessoas pecam com as mãos: desvio dos bens alheios, assinaturas falsas ou indevidas, tráfico de drogas, armas assassinas, toques de traição... E com a língua não pecam? Ai!, as maledicências, as calúnias, os perjúrios, as promessas incumpridas, as palavras de amor-ódio, aquelas palavras que derrotam e matam o outro, contratos imorais e mortais...

Afinal, tão digna é a mão como a língua. É com a língua que falamos, e a linguagem duplamente articulada é característica específica humana. Mas foi quando o nosso antepassado se ergueu sobre os dois pés que se libertou a mão e se desenvolveu o cérebro e surgiu o que se chama Homem. Saudamo-nos falando e também apertando-nos as mãos.

Depois, vem o que é teologicamente mais significativo. Quem nunca reparou que só damos de comer na boca às crianças e às pessoas impossibilitadas de o fazerem elas próprias? E é um enorme gesto de afecto e ternura. Mas é também um sinal de dependência. Os adultos, em princípio, levam a comida à boca com as suas próprias mãos.

Neste sentido, não quereria ir tão longe como aqueles e aquelas que dizem que com a comunhão na boca a Igreja hierárquica acabou por infantilizar os fiéis. Ora, a Igreja deve ser a assembleia dos fiéis a Cristo, daqueles e daquelas que viram e vêem nele o enviado de Deus e o salvador e se entregam por ele confiadamente a Deus como sentido último da sua vida. Todos igualmente responsáveis, embora com ministérios e tarefas diferentes. Não se pode infantilizar os fiéis e a seguir queixar-se pela sua falta de responsabilidade e participação na vida da Igreja e na transformação do mundo, como Cristo quer.

Aliás, Cristo, na primeira Eucaristia, na Última Ceia - celebração da Palavra e do Pão -, tomou o pão e partiu-o, dizendo: "Tomai todos e comei, isto é o meu corpo, a minha vida, entregue por vós." E neste sinal os discípulos souberam que Deus é amor. Como ainda hoje, nalgumas casas, o pai ou a mãe partem o pão, distribuindo-o por todos, comendo cada um com a sua própria mão: é a partilha da vida.


publicado por animo às 07:01
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 23 de Agosto de 2009
HOJE:RITA COLAÇO NA ZONA DESMILITARIZADA DAS COREIAS...
peace

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quando findar este Domingo, estará a começar um novo dia lá para as bandas da Coreia do Sul. A nossa Ritinha não pára.Por sua conta e risco próprios foi seleccionada de entre uma vasta lista de candidatos jornalistas europeus e tem retratado diarimanete mais esta aventura. Depois do susto que cá por casa apanhámos há dois anos, quando conseguiu visitar a Coreia do Norte - 10 infindáveis dias sem qualquer tipo de contacto... - agora a realidade é mais tranquila. Mas... nunca se sabe.Hoje a visita leva-a para a zona desmilitarizada que separa as duas Coreias! Aguardemos! Podem acompanhar a visita aqui!

Aqui fica um dos seus primeiros textos explicativos sobre a viagem!

Beijos, filhota!

__________________________________________

Amanhã vou partir para mais uma aventura coreana.

Desta vez, fico-me apenas pelo Sul da península mas vou estar muito perto do Norte quando visitar a Zona Desmilitarizada (DMZ) e estiver a escassos centímetros do solo que pisei há três anos.


Vou estar quase duas semanas na Coreia do Sul, numa viagem com outros jornalistas europeus, centrada em temas como: as relações entre a Europa e a Coreia; a questão do nuclear; e a reunificação da Península Coreana. Vou, ainda, encontrar-me com estudantes, políticos, empresários e jornalistas coreanos.


A estadia vai ser agitada mas prometo partilhá-la neste blog.


Viajem comigo neste “Regresso à Península”!



publicado por animo às 17:01
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 20 de Agosto de 2009
MAÇÃO E AS "TRANSFORMAÇÕES ARTÍSTICAS" DA PAISAGEM
190820091057

 

 

 

 

 

 

 

 

Venha daí, sim, é um convite para si que acaba de entrar em Mação, a capital da nova "cultura rupestre"! Deixe que lhe mostremos alguns dos mais significativos exemplares da alteração artística da paisagem de que fomos capazes ao longo destes mais de 35 anos de poder laranja.Venha, pois, "concretizar sonhos" de um Mação lindo, equilibrado, bem reconstruído, sem sombra de atentado ao seu património, numa palavra, rupestrizado! Não ligue às más linguas que sempre aparecem, sobretudo, nestas ocasiões eleitorais, a dizer mal de tudo quanto de excelso se fez por estas terras outrora esquecidas, abandonadas, tomadas de assalto por uns rupetres que aqui ousaram "esborratar" a paisagem!

Senhoras e Senhores, a vossa atenção para as nossas....transformações! Para a nossa transforMAÇÃO! Perdão, em inglês, que tem mais pinta:transforMATION!

007

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nada melhor do que começar este roteiro pelo princípio e no princípio eram os....romanos! Isto perceberam os nossos iluminados autarcas que, depois de muito pensarem, resolveram acrescentar história à nossa história. E se melhor pensaram, melhor fizeram. Para que os romanaos não se ficassem a rir, eles, uns "estupidus" que não tiveram tempo de inventar o sistema de "esgotus", tomem lá disto, e aí vão estas maravilhosas tubagens para escoar as nossas m....!

 Assim se "concretiza o sonho" da defesa do nosso património!

190820091059

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Para este local está pensada uma intervenção na paisagem, qualquer coisa tipo "Forum Trajano", ainda na linha romana, tão a ver? O projecto está em execução há mais de 35 anos. Mas também fica bonito assim. Um destes dias não se admirem de mais um lote de pinturas rupestres ....colombianas, brasileiras, chilenas, nas paredes que restam.

 

08082009724

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Descontinuidade das ruas! O Pe Figueiredo já deve ter dado tanta volta na tumba! E não é que a melhor homenagem que lhe podiam fazer era  destruírem a sua já desfigurada rua, pregar-lhe ali meia dúzia de fúnebres ciprestes, para que nos lembremos de que está morto e bem morto?! Aquela rua, vai perdendo leitura, tantos os atentados, perdão, tantas as "transformações artísticas" na sua paisagem!

P8120006

 

 

 

 

 

 

 

 

260820091154

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A nova Central de Camionagem, bem no Centro Histórico! Quem lhe disse que era um "auditório", enganou-se!A mais acabada obra de integração na paisagem. Bem no Centro Histórico.

-Oh senhor articulista mas aquilo até tem pedrinhas do seu Brejo, por amor de Deus..

As pedrinhas do faz-de-conta-que-a-gente-recupera!

11082009764

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na Rua de Stº António, o milagre da transformação de uma pequena e "alegre casinha," ali a dois passos da Igreja Matriz , o Centro Histórico por natureza, definido e protegido por Lei própria - bem ao lado de uma casinha que sofreu os rigores do IGESPAR!!!! - o alegre casarão do nosso presidente, o mais refinado exemplar da arquitectura tipo caixote e que, sabe-se lá porque raios de autorizações do dito IGESPAR, upa, upa, aí vai ela três andares acima!!!!Aliás, quando se entra em Mação damos logo de caras com mais esta "artistica transformation" da paisagem!!!

P8120010

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Esta é a mais recente "transformation" e que a dois passos da Matriz, no Largo Dr.Samuel Mirrado,convoca a nossa impotente capacidade de indignação. Este é, de facto, o Largo onde tudo acontece!Porcos e veados "pastam" na relva pública, bem perto de um edifício também modificado por artes mágicas que só o IGESPAR pode explicar. Para completar tão idílica "paisagem" faltava este "cartaz" eleitoral ( não, não vale a pena discutir a sua demagógica e lamentável composição!) a tapar, pelo menos, a leitura da escultura/memória de um dos mais ilustres filhos da terra. Mas que é isso para quem está habituado ao quero posso e mando de 35 anos a fazer de conta!

Para quando uma reportagem da nova TV de Mação sobre estes e outros atentados, perdão, sobre estes portentados "artísticos"?!

Mas... infelizmente há mais!

190820091058

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Largo do Cineteatro: fica à consideração dos (e)leitores não só a autorizada volumetria da nova obra ali em execução, bem como o respectivo alinhamento ( meio metro para dentro do Largo é obra!!! Quando alguns munícipes foram autuados por menos.... como a seu tempo veremos!!!). Mas, é como diz o outro, Mação já está tão desfigurado.... deixa andar!

Por mim, deixem-nos cair aos pedaços, rupestrizem-nos e organizem visitas guiadas de colombianos, chilenos, ingleses, etc, ah! e com transmissão directa via Net, com direitos reservados, claro!

 

antónio colaço


publicado por animo às 09:35
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 19 de Agosto de 2009
MIAA!UM GRANDE PROJECTO MAS NÃO HABIA NEXEXIDADE!OH, BALHA-ME DEUJI!!!
A ânimo já visitou por um destes quentes dias de Agosto a Igreja de Sta Maria do Castelo.

11082009770

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eduardo Campos, meu saudoso amigo e companheiro de muitas jornadas em defesa de Abrantes, vê lá que não me saíste da memória enquanto deambulava por ali! Acho que estarias na nossa trincheira quando visses o que vimos!

Não é tempo ainda de escrita mais aprofundada mas... a sensação que fica é que estamos a lidar com gente deslumbrada! Que a todo o preço nos quer fazer ver que a "fresca Abrantes" tem gente "fresca" a querer tratar-lhe da saúde!

O que é um grande projecto de arquitectura?

 Sim, este MIAA é um grande projecto de arquitectura.

Tranquilizados, assim, os especialistas, coloca-se a questão, mas... Abrantes, a nossa querida e aconchegadinha cidade, que apesar de alguns atentados ao seu património visual lá se vai impondo, serena e bela, espreguiçando os seus tranquilos dias no "fermoso" Tejo, de "águas abundantes", Abrantes, uma pequena mas rica cidade, precisa de se afirmar com coisas grandes que a "desassemelham" (parece-me ouvir a tua voz, Eduardo) ou mesmo, "precisa de semelhante "tralha visual"?!

Como diria o Herman dos bons velhos tempos, "o projecto é um bom projecto, sim senhori, mas não habia nexexidade de uma coisa assim, oh Balha-me Deuji!!

11082009769

 

 

 

 

 

 

 

11082009768

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O projecto, em si, é um GRRRRRRRANDE projecto. Sem sombra de dúvidas. Ma a GRRRRRRANDE dúvida, que para nós é uma certeza, é se o Arqtº Carrilho da Graça não seria capaz de ser amigo de Abrantes e dotá-la de um novo equipamento mais amigo dela, da sua dimensão, que a não deixasse infeliz, assim com uma "coisa" destas, enorme, dentro de si, sentindo que todos zombam dela quando por aqui passam!

E tanto espaço para conseguir esse novo desafio! Em socalco, senhor Arquitecto!

Oh "balha-nos Deuji"!!!

Ba, ide-bos, lá experimentar! A experiência é a "madre de todas las cousas"!!!

Inspire-se neste pedacinho de Abrantes que lhe deixamos!

É só subir um bocadinho à nossa  querida Torre de Menagem! Esta sim!É cá das nossas!

11082009779

 

 

 

 

 

 

 

 

antónio colaço

NOTAS

1.Apesar de em férias, com pouca rede, esta é uma primeira abordagem pelo lado do humor. Ainda não pelo lado do furor! Do temor, do despudor do que por aí vem!

2.Escreve-nos o Arqº António Castelbranco que um senhor chamado Fernando Baptista Pereira escreve hoje no Jornal de Abrantes de que ele estará rodeado de uma corte de medíocres. O animador de serviço, que não conhece, ainda, pessoalamente, o Arqtº Castelbranco e, muito menos FBP, declara, solenemente,que nunca foi dado a qualquer espírito de Corte (ler côrte) e antes, mais, ao espírito de Corte ( ler cóóóórte!!!), até por via da sua humilde e assumida proveniência de classe! Assim foi sempre, assim continuará ! A luta pelas rádios livres, de que Abrantes foi pioneira, visou um corte (córte!!!) com o centralismo radiofónico de Lisboa! E conseguimos! ( Puxa aí dos galões, antónio!!!). Abraços.


publicado por animo às 07:37
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

PE ANSELMO BORGES NÃO TE...

MINISTRO CAPOULAS SANTOS ...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

CARDIGOS, AS CEREJAS E O ...

trip - ir a mundos onde n...

´WEBANGELHO SEGUNDO ANSEL...

ANDRÉS QUEIRUGA EM PORTUG...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

ANDRÉS TORRES QUEIRUGA EM...

PE ANSELMO BORGES SOMA E ...

SEARAS ESCOLA DE VIDA

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

SIM AO CREDO DOS VALORES

SUBSTITUIMOS O CREDO DOS ...

HOJE, TODOS À GULBENKIAN ...

QUARENTA E TRÊS . FAZER O...

PE ANSELMO AO ATAQUE NA D...

PE ANSELMO BORGES AO ATAQ...

MÁSCARAS, INFERNO E OS BU...

arquivos

Outubro 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

tags

todas as tags

links









































































































































































































subscrever feeds