Segunda-feira, 31 de Março de 2014
MONTIJOS

 


Vem aí uma carga de água ou de como a verde timidez das árvores persiste na primaveril afirmação dos dias.

 

 



publicado por animo às 16:47
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 30 de Março de 2014
última hora BOAVENTURA SOUSA SANTOS NOS AAA DE 9 DE ABRIL

 

BOAVENTURA SOUSA SANTOS
NOS AAA DE 9 DE ABRIL!!!!

O sociólogo Boaventura Sousa Santos é o convidado dos AAA de 9 de Abril!!!
Por indisponibilidade de última hora do meu querido professor António Borges Coelho, temos o prazer de anunciar a participação de Boaventura nos nossos AAA.
Um nome que, aliás, só não participou mais cedo devido aos seus compromissos além fronteiras.
Assim, aproveitamos para revelar a lista completa dos próximos convidados:
-CARLOS ALBERTO MONIZ E JOSÉ JORGE LETRIA, 2Abril
-BOAVENTURA SOUSA SANTOS,9 Abril
-MARIA JOSÉ MORGADO,16 Abril  
-ADELINO GOMES, JOAQUIM FURTADO, LUIS FILIPE COSTA, CARLOS ALBINO e outros a confirmar, 23 Abril
-OTELO,GARCIA DOS SANTOS,VITOR CRESPO, SANCHES OSÓRIO E LUIS MACEDO, O POSTO DE COMANDO DA PONTINHA HÁ 40 ANOS.Presença de VASCO LOURENÇO, presidente da A25Abril.

EM ABRIL, AAAAAAALMOÇOS MIL!!!!  
antónio colaçoo


publicado por animo às 16:03
link do post | comentar | favorito
|

RESISTIR DE NOVO. carlos alberto moniz e josé jorge letria

EM ABRIL, AAAALMOÇOS MIL!!!!
Semana dedicada aos nossos convidados dos AAA da quarta-feira, 2 Abril, José Jorge Letria e Carlos Alberto Moniz.
Recordar para não esquecer.

A PROCURA DE UM OUTRO ABRIL, como ABRIL, PARA ACONTECER!!!
RESISTIR DE NOVO!!!

SONHAR DE NOVO!

Letra de Letria, música de Moniz.

antónio colaço

 

 

 

 



publicado por animo às 14:18
link do post | comentar | favorito
|

QUEM NOS VIU E QUEM NOS VÊ. josé jorge letria

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Semana dedicada aos nossos convidados dos AAA da quarta-feira, 2 Abril.
  Recordar para não esquecer!!!
José Jorge Letria, desafortunadamente PREMONITÓRIO!!!

  A PROCURA DE UM OUTRO ABRIL, como ABRIL, PARA ACONTECER!!!
  antónio colaço



publicado por animo às 14:01
link do post | comentar | favorito
|

WEBANGELHO SEGUNDO FREI BENTO DOMINGUES

Frei Bento Doimngues

In Público
AFINAL JESUS TAMBÉM TINHA DISCÍPULAS

 

1. João Paulo II, ao marcar os limites inultrapassáveis do papel das mulheres na Igreja, deixou uma herança pesada ao Papa Francisco. Não se atreveu a enunciar qualquer dogma, mas tentou barrar definitivamente o acesso das mulheres aos ministérios ordenados, ao sacramento da Ordem.

Nenhum católico está obrigado a receber os sacramentos todos. Mas as mulheres, mesmo que o desejem, mesmo que manifestem as maiores capacidades para serem chamadas a liderar uma comunidade cristã, o facto de serem mulheres constitui um impedimento radical. Pelo contrário, os homens, por serem homens, podem ser chamados à ordenação presbiteral ou episcopal mesmo sem grande talento. Não se trata de um direito, mas da possibilidade de vir a prestar um serviço estruturante, se para tanto forem convidados pelo respectivo Bispo.

Dir-se-á que assim é que está bem. Segundo a narrativa bíblica, na sua linguagem mítico-simbólica, Deus criou o ser humano: homem e mulher. Se é divina essa diferença, ela deve ter a sua significação. Concluir daí que as mulheres ficam impedidas de aceder à liderança das comunidades cristãs é ridículo.

Sustentam alguns que a Igreja não está autorizada a contrariar a vontade de Cristo. É ele que manda na Igreja e não o contrário. Enuncia-se algo que não pode ser mais acertado. Dizer, porém, que a negativa da hierarquia católica e ortodoxa cumpre a vontade de Deus é um salto muito atrevido e não conheço nenhum raciocínio teológico que o permita. As tradições das Igrejas nem sempre reproduzem um desígnio do seu fundador.

2. Urge reexaminar esta questão, pois está semeada de ambiguidades. Quando o movimento feminista católico denuncia esta situação, alguns concluem: as mulheres, ávidas de poder, estão a querer reproduzir, na Igreja, o que acontece na sociedade. Lutam, como os homens, por um lugar ao sol, por carreiras profissionais e por lideranças políticas. Para aptidões iguais, possibilidades iguais. No mundo laboral persiste a desigualdade salarial: para trabalho igual, as mulheres recebem menos e nunca poderão aceitar esta descriminação.

Como na Igreja se continua a pensar que ser padre ou bispo é uma posição superior à dos outros baptizados, coroa de uma carreira eclesiástica, um caminho do poder, as mulheres, ao reivindicarem a possibilidade de aceder ao presbiterado e ao episcopado, estariam também elas a sonhar com a dominação das comunidades católicas. Mesmo que isso possa existir, só pode ter sentido numa eclesiologia piramidal, como a que vigorou antes do Vaticano II, e para quem continua ainda com os  esquemas mentais e com os desejos derrotados nesse concilio.

A questão real é outra: na celebração do baptismo, confessamos que todos acedem à mesma condição de povo sacerdotal, real e profético. Todos são sacerdotes, reis e profetas. Todos são Igreja ao mesmo título e pela mesma razão.

As comunidades cristãs precisam de serviços organizados, hierarquizados, a que chamam ministérios ordenados, para garantir a todos a comunhão nos seus bens espirituais: a Palavra de Deus, a celebração dos sacramentos, a evangelização movida pela fé, pela esperança e pelo amor, que provoca a organização social da justiça.

3. Terminei o texto do passado Domingo, acerca do diálogo efectivo entre Jesus e a samaritana, com a seguinte pergunta: porque teria Jesus, segundo as narrativas da Ressurreição, confiado a evangelização da própria Igreja às mulheres?

Falamos sempre de discípulos de Jesus, alguns eram designados apóstolos. De uma forma explícita, nunca se fala de discípulas.

Os apóstolos, perante o apelo de Jesus, largaram tudo e seguiram-no. O Mestre descobriu, depois, que tinha havido um grande equívoco registado, com toda a crueza, por S. Marcos e que os outros evangelistas procuraram atenuar. Esse Evangelho, desde o cap. 4 ao cap. 10, repete 8 vezes que eles nunca entenderam nem as palavras, nem os actos, nem os gestos do Mestre.

 



publicado por animo às 10:19
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 29 de Março de 2014
JOSÉ JORGE LETRIA E CARLOS ALBERTO MONIZ NOS AAANIMADOS ALMOÇOS . QUARTA 2 ABRIL
JOSÉ JORGE LETRIA E CARLOS ALBERTO MONIZ
NOS AAAANIMADOS ALMOÇOS . QUARTA .2 ABRIL
EM ABRIL, AAAAALMOÇOS MIL!

Nada melhor para começar ABRIL.
À procura de um PRESENTE para o nosso PASSADO!
Como se não se tivesse passado nada nestes 40 anos e ABRIL permanecesse INTOCÁVEL, LIMPO e PURO no que prometia de MUDANÇA.
Se a gente quiser, ABRIL pode ser português OUTRA VEZ!!!
Um ABRIL para mostrar à Europa que por este caminho não vamos lá.
Um ABRIL EM PORTUGAL, para dizer aos europeus, venham cá!
Um ABRIL, OUTRA VEZ SOLIDÁRIO, que abane uma Europa cada vez mais solitária.
Um ABRIL, OUTRA VEZ MAIS JUSTO, que acorde esta Europa dia a dia a pregar-nos um valente susto.
NR
Nunca como em Abril, o conselho para que atempadamente se inscreva:213241420.
antónio colaço .


publicado por animo às 23:09
link do post | comentar | favorito
|

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELMO BORGES

Pe Anselmo Borges

IN DN

MUDANÇA DE PARADIGMA

Nos inícios de Maio e considerando as respostas dos católicos de todo o mundo ao inquérito do Papa, haverá o documento de preparação para o Sínodo dos Bispos, em Outubro, sobre a família, os seus desafios e dificuldades, a moral sexual. Os resultados do inquérito, com uma percentagem de respostas "altíssima", foram "unanimemente apreciados", segundo a declaração, há um mês, do Conselho ordinário do Sínodo.

Os resultados não foram ainda publicados. Ficam aí sínteses significativas de algumas dioceses alemãs. Assim - Aachen: "A moral eclesiástica sobre o casamento e a sexualidade representa para muitos fiéis um obstáculo para a fé." Augsburgo: "As pessoas sentem-se muitas vezes tratadas como falhadas e pecadoras." Colónia: "Em síntese, a doutrina da Igreja é vista como estranha ao mundo e à relação." Dresden-Meissen: "Muitos desejam que as proibições não estejam em primeiro plano." Essen: "Os inquiridos declaram-se favoráveis à possibilidade de uma bênção para os casais do mesmo sexo." Friburgo: "A vida em comum antes do casamento pela Igreja não é nenhum caso extraordinário, mas normal." Fulda: "Os jovens não se sentem correctamente percebidos pela Igreja." Limburgo: "Muitas pessoas que voltaram a casar sentem-se excluídas e feridas pela Igreja." Magdburgo: "No que se refere ao domínio do casamento e da família, a Igreja perdeu consideravelmente o seu alto significado." Mogúncia: "A condenação dos métodos artificiais do controlo da natalidade é rejeitada por quase todos e tratada como completamente irrelevante". Münster: "Entre os ideais católicos e a prática católica cavou-se um abismo." Osnabrück: "Cada vez mais pessoas abandonam a Igreja." Passau: "Não se compreende que não haja perdão para o fracasso de um casamento." Rottenburgo-Estugarda: "A proibição do preservativo é considerada condenável." Speyer: "Muitos fiéis não vêem acordo entre a sua compreensão da misericórdia e as afirmações jurídicas sobre o divórcio e um segundo casamento civil." Trier: "Os que responderam esperam misericórdia vivida nas questões do casamento, do fracasso, de um novo começo e da sexualidade."

Sobre temas tão sensíveis como complexos, espera-se agora uma palavra evangélica, positiva e humanizante, que não canonize o "vale tudo" nem caia no simples legalismo e na moral da proibição. Estou convencido de que o legalismo e o proibicionismo, acompanhados do não reconhecimento do princípio da autonomia moral, foram causa fundamental do abandono da Igreja por parte de milhões de pessoas.

Na sua comunicação ao consistório dos cardeais, aplaudida publicamente pelo Papa Francisco, o grande teólogo e cardeal Walter Kasper abriu portas que não podem ser ignoradas, no quadro da sua afirmação: "Precisamos de uma mudança de paradigma", ou seja, "considerar a situação também a partir da perspectiva de quem sofre e pede ajuda" e para lá do rigorismo e do laxismo. Assim, referindo o caso de um divorciado que volta a casar, formulou estas pertinentes perguntas: "1. se se arrepende do seu fracasso no primeiro casamento, 2. se esclareceu as obrigações do primeiro casamento e se excluiu de modo definitivo voltar atrás, 3. se não pode abandonar sem outras culpas os compromissos assumidos com o novo casamento civil, 4. se se esforça por viver no máximo das suas possibilidades o segundo casamento a partir da fé e educar os filhos na fé, 5. se deseja os sacramentos como fonte de força na sua situação, devemos ou podemos negar-lhe, depois de um tempo de nova orientação, de "metanoia", o sacramento da penitência e depois o da comunhão?" E sobre a possibilidade de um segundo casamento, lembrou a posição afirmativa das Igrejas ortodoxas, reconhecendo, com as cláusulas do adultério, também "outros motivos de divórcio, que partem da morte moral e não só física do vínculo matrimonial". Sublinho esta "morte moral" do vínculo matrimonial. Mas as propostas de Kasper estão a receber forte contestação de outros cardeais.

 



publicado por animo às 23:08
link do post | comentar | favorito
|

MONTIJOS . BOLO DE GIZ
No final de mais uma aula na EB Ary dos Santos,Montijo,prestes a arrumar o saco mágico em que transporto tintas,pinceis, espátulas, aparece o filho da profª que fazia anos.
-Então, e não cantamos os "Parabéns", atirei para toda a sala?!
Num ápice, toda a turma investe na alegre  cantoria.
Sem saber de onde me proveio a ideia, esboço no quadro, com a rapidez que a cantoria da segunda quadra possibilitou, um bolo arrancado a giz de uma forma (fôrma!) invisível, com a respectiva cobertura de chocolate  e as imprescindíveis velas, tudo a tempo de que  o jovem aniversariante, a meu pedido, num sopro simulado para o quadro, as apagasse!
E não é que numa perfeita sincronia de movimentos, mal soprou, eu, de imediato, apaguei as suas trémulas luzinhas?!
-Professor, ainda está uma vela acesa!
E não é que estava mesmo?!
Zás, outro e derradeiro gesto do apagador  e a improvisada festinha tinha o seu animado final!!!
Numa aula de tintas e pinceis feita, aquele bolo, assim ficcionado, deixou-nos a todos desejosos de lhe comer um bom bocado.
É este o sal que tempera os meus dias.
E, pior, nem sempre me dou conta deste gratificante privilégio.
antónio colaço


publicado por animo às 02:28
link do post | comentar | favorito
|

MATINAS (de ontem, como se de hoje fosse)

Vai alto e esplendoroso,apesar de gélido, este sol matinal de quase Abril.

Não é, portanto, por falta de iluminação que os órgãos de comunicação social quase iam pecando tanto como a "fonte" governamental que os convocou para o exercićio de ludibrio colectivo deste nosso continuado penar.  

De facto, ao alinharem num "acordo" que lhes permitia fazer a "notícia" da marosca sobre os pobres condenados da função pública, ignorando a entidade, escondida, maquiavélica, ASSASSINA, que tais planos assim congemina, a troco de obterem uma vantagem noticiosa, tal facto deixa-nos estarrecidos e incrédulos sem saber que CONFIANÇA continuar a manter não só sobre quem nos (des)governa mas, também, sobre quem,assim, TRISTEMENTE NOS INFORMA.

2

Vem, Sol, põe tudo a nu.

Ninguém nos ilumina como Tu!

Obrigado.

antónio colaço

PS

Não duvido, é o mais recente e mais refinado "case study" das relações media/fontes.

Tanto as esfarrapadas explicações de Marques Guedes (e mesmo Passos Coelho,claro),como o texto conjunto dos media envolvidos são duas  pérolas imperdíveis desta "arte de bem atirar areia para os olhos" do incauto Zé Povinho!

O problema é que nos convoca a todos, para além dos académicos.

Só a avisada palavra do José Mário Branco,creio,me ocorre:"Põe-te em guarda, companheiro"!

A INDIGNIDADE continua!

FALA, RUA!


O que faz falta é REABRIR ABRIL para a MALTA.

O que faz falta, é REABRIR ABRIL COM A MALTA!!!

antonio colaço


publicado por animo às 02:23
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 27 de Março de 2014
CARLOS ALBERTO MONIZ E JOSÉ JORGE LETRIA OS CONVIDADOS AAA DE 2 ABRIL

 

Carlos Alberto Moniz e José Jorge Letria, juntos e ao vivo, para nos abrirem as portas de Abril, tal como há 40 anos, com MÚSICA!!!

São os convidados dos AAAANIMADOS ALMOÇOS da próxima quarta-feira, 2 de Abril!!

O primeiro fez a música, o segundo a letra, e todos os presentes, seguramente, iremos receber Abril entoando em coro:

RESISTIR DE NOVO!

COMEÇAR DE NOVO!!!!
Não acredita?

É verdade, o dia das mentiras é a 1 de Abril!!!
E....o melhor é inscrever-se atempadamente:213241420, o santo e a senha para um almoço que se prevê animadíssimo!!!

antónio colaço

 

 



publicado por animo às 05:25
link do post | comentar | favorito
|

CANDIDATOS ÀS EUROPEIAS NOS AAANIMADOS ALMOÇOS. 7 MAIO

Os Animados Almoços, uma parceria entre a A25Abril e o Blog ânimo, acabam de alcançar um objectivo impensável, para alguns, normal, para outros, entre os quais nos contamos.

De facto, tendo como pano de fundo as comemorações dos 40 anos de Abril, e após os necessários contactos, foi fácil alcançar a adesão dos cabeças de lista dos diversos partidos, Francisco Assis, Paulo Rangel, João Ferreira e Marisa Matias, para a realização deste almoço informal onde não deixará de se discutir que Europa queremos face à difícil situação que vivemos.

Num primeiro almoço seguimos o critério da presente representatividade no Parlamento Europeu.

2

Sendo a Associação 25 de Abril uma casa que honra os valores da democracia, estabelecemos contactos para um segundo almoço no qual participarão todos os outros candidatos que se reclamem desses valores democráticos.

Esse almoço terá lugar na quarta-feira, 14 de Maio, uma semana depois, portanto.

Podemos adiantar, assim, que Rui Tavares já aceitou o nosso convite e amanhã mesmo continuaremos a ronda de contactos que já tornaram possível o anúncio deste primeiro almoço.

 

EM ABRIL, AAAAALMOÇOS MIL!

antónio colaço

 



publicado por animo às 03:45
link do post | comentar | favorito
|

LISBOAS



publicado por animo às 03:44
link do post | comentar | favorito
|

O OUTRO LADO DOS AAAreportagem de José Augusto

 



publicado por animo às 03:43
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 26 de Março de 2014
PAULO MORAIS. A SOCIEDADE PORTUGUESA NÃO AGUENTA MAIS ESTES NÍVEIS DE CORRUPÇÃO

 

 

PAULO MORAIS
A SOCIEDADE PORTUGUESA NÃO AGUENTA MAIS
ESTES NÍVEIS DE CORRUPÇÃO

Amado por uns, odiado por outros, a verdade é que ninguém fica indiferente à pertinência das intervenções de Paulo Morais.
Não têm conta as constantes deslocaçôes quer pelo país, quer pelo estrangeiro.
Não é fácil conviver com as consequências de exigir contas certas. Paulo tem, porém, uma vantagem que quase considera um dever.A sua formação e actividade universitária é a dos números, da Matemática, a que soma, só pode, uma exigência de cidadania. Já teve de mudar de casa e, não raro, nas intervenções públicas em espaços que ofereçam dúvidas a polícia anda por perto.Já alguem tentou passar das ameaças aos factos. Evita falar do investimento pessoal que advém desta dedicação mas percebe-se que "não há almoços grátis".
Nada que demova Paulo Morais, cinquenta anos, professor universitário no Porto e dirigente da Associação Cívica Transparência e Integridade.
2
Contas feitas, Paulo deve ter à perna, passe a expressão, mais de 80 nomes. É essa a sua temida arma:Paulo dá nome às coisas e às pessoas que materializam o triste espectáculo a que vimos assistindo. A mais recente reacção, que fez soltar na sala do restaurante da Associação 25 de Abril uma sadia gargalhada, embora o assunto não fosse para riso, foi quando contou que o último processo que lhe foi movido teve como protagonista Sérvulo Correia - é conhecida a sua sociedade de advogados - e que lhe terá dito " mas por que é que fala só de mim quando há tantos a fazer o mesmo que eu?"
(Creio que se referia ao excesso de autorizações legislativas concedidas por parte da Assembleia, e que  governo, depois, remete para as sociedades dos advogados a elaboração das respectivas leis, com toda a panóplia dos famosos "alçapões" a coberto dos quais todas os compadrios são possíveis!!
3
Paulo Morais, no final, era uma homem feliz, pois para si, debater a corrupção na casa de um Abril que visava, entre outras conquistas, o derrube de uma sociedade de corruptos, tal tarefa, disse, era, não só gratificante, como significava o reconhecimento da justeza do combate em que está empenhado.
Tão empenhado que alguém da assistência quis ver em Paulo Morais outros voos. Mas ele, como há-de confessar nesta entrevista final, apenas quer contribuir para uma solução que ajude a pôr fim ao actual estado actal das coisas,
O melhor é mesmo ouvi-lo.
antónio colaço


publicado por animo às 23:58
link do post | comentar | favorito
|

O MEDO COMBATE-SE COM A CORAGEM

 

 

PAULO MORAIS (III)
QUE FAZER PARA COMBATER A CORRUPÇÃO?

O MEDO COMBATE-SE COM A CORAGEM.
E é em nome dessa coragem que Paulo Morais defende, para além do aumento da transparência, do aumento de informação, da simplificação legislativa, defende, dizíamos,  a criação de tribunais especializados, à semelhança do que existe com os tribunais de família e outros....
2
Mas Paulo vai mais longe e dando o exemplo da Alemanha e mesmo da França, é preciso que O ESTADO RECUPERE TODO O DINHEIRO QUE LHE TEM SIDO RETIRADO pela corrupção, pelo branqueamento de capitais etc.
A chamada RECUPERAÇÃO DE ACTIVOS. Por exemplo, no caso do BPN, uma vez que está tudo identificado, "tem que se ir à fortuna pessoal desses senhores e confiscar-lhes os bens!!".
Desde que começou a crise quer os alemães, quer os franceses têm tomado iniciativas nesse sentido.
Mas....o melhor é ouvir Paulo Morais que assim termina a sua intervenção inicial.
antónio colaço


publicado por animo às 23:43
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

PE ANSELMO BORGES NÃO TE...

MINISTRO CAPOULAS SANTOS ...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

CARDIGOS, AS CEREJAS E O ...

trip - ir a mundos onde n...

´WEBANGELHO SEGUNDO ANSEL...

ANDRÉS QUEIRUGA EM PORTUG...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

ANDRÉS TORRES QUEIRUGA EM...

PE ANSELMO BORGES SOMA E ...

SEARAS ESCOLA DE VIDA

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

SIM AO CREDO DOS VALORES

SUBSTITUIMOS O CREDO DOS ...

HOJE, TODOS À GULBENKIAN ...

QUARENTA E TRÊS . FAZER O...

PE ANSELMO AO ATAQUE NA D...

PE ANSELMO BORGES AO ATAQ...

MÁSCARAS, INFERNO E OS BU...

arquivos

Outubro 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

tags

todas as tags

links









































































































































































































subscrever feeds