Quinta-feira, 2 de Janeiro de 2014
ABRIL DAS TROCAS. ABRIL DAS PARTILHAS

 

Sesimbra.Ontem à  tarde.

 

Consegui, finalmente, voltar a Sesimbra.

Sem ponta de ressentimento.

 

Alguns amigos sabem do que falo.


Esta é a minha primeira foto de 2014.

Quase não deu tempo de sair do C5. O dia cinzento entardeceu depressa e a meio da tarde parecia quase noite.Creio que o SAMSUNG não se adaptou ainda a estas ambiências.
Por isto ou por aquilo a imagem estava mais triste que a própria tarde e senti necessidade de intervir nela.Não sei se para acentuar a dor da tarde se a minha inesperada alegria interior.
Até as gaivotas que outrora se pavoneavam mal me pressentiam chegar, desta vez, pura e simplesmente quase me ignoraram.
E no entanto, foi, sobretudo, por causa delas e do estonteante vai e vem dos seus tantos barcos que Sesimbra me atraiu desde sempre.
Melhor, mais, muito mais, desde tempos recentes em que julguei embarcar na aventura de ajudar a "vender" Sesimbra ao turismo topo e de media gama.
(E não é que consegui vender a expectativa dessa expectativa a um dos maiores semanários deste país alcançando, logo para começar, mais de meia página com o meu afortunado contratante vindo das terras de Pablo Picasso e fascinado com esta pérola do turismo português?!).

Goradas todas as expectativas, as minhas, mas também as do espanholito vendedor de ilusões, sem um cêntimo para mandar cantar um cego, como só mais tarde vim a perceber - e , no entanto, a caminho da lusa pátria anunciavam-se, vindos de Singapura e outras pátrias com práticas mais que legais, milhões a ultrapassar a casa dos trezentos (não, não era uma qualquer loja dos trezentos!)- eis-me, sem saber como nem porquê, eu que mal saí do cais, que mal vi as minhas queridas gaivotas, os meus queridos barcos, tal a pressa que entretanto se levantou para encetarmos o regresso, eis-me, dizia, a sentir que de mim se soltavam, esvoaçando, quais íntimas gaivotas, todos os ressentimentos, todos os proclamados ódios e Sesimbra, de novo, a dizer-me "adeus, queremos que voltes depressa.Teremos todo o sol, todas as gaivotas, todos os barcos derreados com saltitante pescado, queremos-te!"

Afinal, o que me resta para "vender" em 2014, eu que não consigo vender um quadrito que seja - "Ah os trabalhos da sua Exposição PODERES são interessantíssimos mas...não são assim muito bem para levar para casa. Talvez , mais, para serem adquiridos por uma instituição, tá a ver?!"

Dizem-me alguns amigos "eh António, vejo-te por todo o lado, ultimamente, ele é nas televisões, nos jornais, não paras como teu ânimo..."

Sim, os AAA têm sido um sucesso.
Sou eu que "vendo" Abril ou é Abril que, afortunadamente, está a conseguir "vender-se" um bocadinho melhor?!
E no entanto, Abril, o ABRIL que sabemos refém de um Abril que só a alguns convém, era contra todas as vendas.
Era mais um ABRIL DE TODAS AS TROCAS.UM ABRIL DE TODAS AS PARTILHAS
Eu dou-te o que tu não tens, tu, em troca, dás-me um pouco do que preciso, do que me convém.
E assim, de esquina em esquina, a cidade que era grande, impessoal, tornou-se pequenina.


Quero voltar a ser pequenino.
Quero continuar a  fazer tudo para que ABRIL volte a ser o nosso redentor destino.
antónio colaço



publicado por animo às 01:01
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Março 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

DA ARTE E DOS ESPAÇOS INE...

OBRIGADO, MANUEL

ANTONIO COLAÇO NO "VOCÊ N...

PE ANSELMO BORGES NOS ANI...

ANA SÁ LOPES NOS AAAANIMA...

ANA SÁ LOPES NOS ANIMADOS...

O OUTRO LADO DO AAANIMADO...

LISBOAS

CHEF PEDRO HONÓRIO OU AS ...

BALANÇO FINAL . JOAQUIM L...

REGRESSARAM OS AAANIMADOS...

IN MEMORIAM ANTÓNIO ALMEI...

PE ANSELMO BORGES NÃO TE...

MINISTRO CAPOULAS SANTOS ...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

CARDIGOS, AS CEREJAS E O ...

trip - ir a mundos onde n...

´WEBANGELHO SEGUNDO ANSEL...

ANDRÉS QUEIRUGA EM PORTUG...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

arquivos

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Outubro 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

tags

todas as tags

links









































































































































































































subscrever feeds