Domingo, 21 de Dezembro de 2008
O CÉU DA MINHA ALDEIA...
dez201 

O rio da minha aldeia.....

Não, o céu da minha aldeia.

antónio colaço


publicado por animo às 00:45
link do post | comentar | favorito

Sábado, 20 de Dezembro de 2008
WEBANGELHO
Do Diário de Notícias de hoje.

anselmoborges_deus22

'PROVAVELMENTE DEUS NÃO EXISTE'
Anselmo Borges
Padre e professor de Filosofia


 

É possível que já em Janeiro, nas ruas de Londres, as pessoas se deparem com cartazes no exterior dos autocarros com estes dizeres: "There's probably no God. Now stop worring and enjoy your life" (Provavelmente Deus não existe. Então, deixe de preocupar-se e desfrute a vida).



Trata-se de uma campanha publicitária a favor do ateísmo, promovida pela Associação Humanista Britânica e apoiada pelo célebre biólogo darwinista R. Dawkins, professor da Universidade de Oxford, ateu militante e, segundo muitos, fundamentalista.

A campanha foi um êxito, pois rapidamente conseguiu fundos - dezenas de milhares de euros - mais que suficientes para pô-la em marcha. Segundo a jornalista Ariane Sherine, que a tinha sugerido em Junho, "fazer uma campanha em autocarros com uma mensagem tranquilizadora sobre o ateísmo seria uma boa forma de contrabalançar as mensagens de certas organizações religiosas que ameaçam os não cristãos com o inferno".

Para Dawkins, "a religião está acostumada a ter tudo grátis - benefícios fiscais, respeito imerecido e o direito a não ser ofendida, o direito a lavar o cérebro das crianças". Assim, "esta campanha de slogans alternativos nos autocarros de Londres obrigará as pessoas a pensar. Ora, pensar é uma maldição para a religião".

Logo que apareceu o anúncio da campanha, fui confrontado por um jornalista da TSF: se a achava provocatória. Respondi que até a achava interessante. De facto, era isso mesmo: obrigaria as pessoas a pensar nas questões essenciais, e Deus é uma dessas questões decisivas.

Constatei, mais tarde, que essa foi também a posição de líderes religiosos britânicos, que responderam favoravelmente à iniciativa. Aliás, qualquer um tem o direito de promover as suas ideias através de meios apropriados. A Igreja Metodista agradeceu inclusivamente a Dawkins pelo facto de encorajar um "contínuo interesse por Deus". A rev. Jenny Ellis disse: "Esta campanha será uma boa coisa, se levar as pessoas a comprometer-se com as questões mais profundas da vida." E acrescentou: "O cristianismo é para pessoas que não têm medo de pensar sobre a vida e o sentido."

É significativo aquele "provavelmente". Dawkins não sabe que Deus não existe e, por isso, escreve: "Provavelmente." A existência de Deus não é objecto de saber de ciência, à maneira das matemáticas ou das ciências verificáveis experimentalmente. Nisso, Kant viu bem: ninguém pode gloriar-se de saber que Deus existe e que haverá uma vida futura; se alguém o souber, "esse é o homem que há muito procuro, porque todo o saber é comunicável e eu poderia participar nele".

Afinal, também há razões para não crer, mas, quando se pensa na contingência do mundo, no dinamismo da esperança em conexão com a moral e na exigência de sentido último, não se pode negar que é razoável acreditar no Deus pessoal, criador e salvador, que dá sentido final a todas as coisas. Numa e noutra posição - crente e não crente -, entra sempre também algo de opcional.

Mas, nos cartazes, o mais impressionante é a segunda parte: "Deixe de preocupar-se e desfrute a vida." É claro que o que está subjacente a esta conclusão é a ideia de um Deus invejoso da vida e da alegria dos homens e das mulheres.

Se a primeira parte obriga os crentes a pensar, retirando da fé tudo o que de ridículo - pense-se em todas as superstições - lhe tem andado colado, a segunda tem de levá-los a "evangelizar" Deus. É preciso, de facto, reconhecer que houve e há muitos a quem "Deus" tolheu a vida, de tal modo que teria sido preferível nunca terem ouvido falar no seu nome - pense-se no horror do inferno, nas guerras e ódios em seu nome, no envenenamento da sexualidade, na estreiteza e humilhação a que ficaram sujeitos.

Agora que está aí o Natal, é ocasião para meditar no Deus que manifesta a sua benevolência e magnanimidade criadoras no rosto de uma criança. Jesus não veio senão revelar que Deus é amor, favorável a todos os homens e mulheres e querendo a sua realização plena. Perante um "deus" que os humilhasse e escravizasse, só haveria uma atitude digna: ser ateu.

 


NOTA


Há um leitor, algures, no Brasil, para quem já custa mais perder a leitura deste WEBANGELHO do que "perder a missa". Não é a missa que está em causa, seguramente. Talvez, isso sim, algumas missas que são o contrário de tudo o que Jesus Cristo pediu que fizessem " em sua memória".Ler a Palavra de Anselmo, atrevo-me a dizer, anda tão perto de quase ter o Cristo aqui à mão, quer dizer, sentir a serenidade da sua mão, a indicar-nos o Caminho, a sua "memória" viva. SEMPRE PRESENTE. Deus, PRESENTE, afinal.


antónio colaço



publicado por animo às 11:01
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2008
CÚMPLICES COM AS ESTRELAS/BOAS FESTAS
boasfestas2008a


BOAS FESTAS



Tal como há dois mil anos, a enregelada noite de Dezembro deve ter metido medo àqueles que procuravam nas redondezas da grande cidade um lugar onde o Deus Menino pudesse nascer.


Ele que tinha criado Dia e Noite, e tinha visto que tudo estava bem, esqueceu-se desse pequeno pormenor, um lugar para nascer e, de preferência, com a luz do dia.


É certo que criou as estrelas e os olhos para que pudéssemos adivinhá-las e, assim, reconfortados e um pouco mais seguros, poder segui-las.


Na noite que persiste em pairar no nosso Portugal, há uma luzinha que se acende no Largo das Cortes


 tranquilizando-nos de que, afinal, há um caminho.


Acredito que em 2009 vamos poder encarar as noites


 com muito mais tranquilidade.


 


As estrelas só precisam da nossa cumplicidade.


assinaturacolaco



NOTA

Prevendo problemas de edição, ficam, aqui, desde já, os votos de um Feliz e Santo Natal. Caso consigamos, voltaremos "à antena"!


publicado por animo às 19:08
link do post | comentar | favorito

ÂNIMO NOMEAÇÕES DE 2O08
19dez8

Restaurante Varina.

Longe dos olhares dos papparazzi - quem nos diria que seríamos descobertos pelos nossos próprios repórteres!! -a redacção da ânimo encaminha-se para o nº 34 , da Rua das Madres, em plena Madragoa.

dez19c

Estamos em pleno restaurante A Varina da Madragoa, desde logo, eleito o nosso Restaurante do ano de 2008.

dez19b

Esperam-nos os mestres Dino e Veiga que estranham a nossa ausência. Pois, a crise quando chega é para todos. Mas, hoje, é dia de atacar o cabrito no forno, regado com umtinto Cabriz e melhor finalizado com o cremoso toucinho do céu. Mas o bife à café e o bolo de chocolate revestido de generosas lâminas (uff!) do dito, para não falar dos pasteis de bacalhau, chegam e sobram para justificar o prémio.Ah! e tem outra coisa, que até nos fica mal revelar:

dez19a

Esta é a mesa em que costuma sentar-se, imaginem só, o Nobel Zé Saramago, pois. Quando soube que este era o cantinho da ânimo, o homem jurou a pés juntos que também aqui queria ter o seu poiso! Prontos, pá, Zé, meu,tá bem, isto chega para todos.

A redacção da ânimo, em Lisboa - para o ano esperamos ter connosco os diversos colaboradores espalhados pelo país e mundo web... com quem, aliás  estivemos em contacto, nesta versão ânimo na Palma da Mão

 

 

dez191

-deliberou, então, eleger como o político do ano, Barak Obama, claro, só poderia ser. Quando saímos, espreitámos um quiosque e, tal como o Saramago, também a Time nos seguiu os passos. Já não se pode ser original!

dez19d1

No  plano nacional e, sem mais comentários, a incompreensível transferência dos funcionários da Biblioteca da Assembleia da República, para longe dos seus livros, para a Rua D.CarlosI foi eleita como a  BIZARRICE DO ANO.

colacobiblioteca21

O nosso editor lavrando o seu protesto interior da Biblioteca.

Têm a palavra os nossos leitorespara se pronunciarem sobre estes acontecimentos. Devido a problemas de edição revelaremos mais tarde outras nomeações, nomeadamente, o Blogue do ano! Dê-nos a sua opinião.

António Colaço & Pedro Mendes


publicado por animo às 18:45
link do post | comentar | favorito

O GATO EQUILIBRISTA E A CEGONHA ESFOMEADA
A poucos minutos do almoço de Fim de ano, da redacção da ânimo, recebemos estes dois despachos, algures,  ali das bandas da nossa delegação na Rua D.Carlos e que quase se candidatavam ao prémio melhor instante fotográfico do ano!

gatoequilibrista

O Gato Equilibrista ou, meu, vieste bater à porta errada e ainda te lix... (Oh, meu, a Micas não trabalha cá na redacção!)


cegonha6


A gaivota esfomeada que se queria fazer convidar para o almoço ou, vai para o mar, minha, que a tempestade está cá na terra!


 antónio colaço(texto) pedro mendes (fotos)



publicado por animo às 16:24
link do post | comentar | favorito

VITÓRIA
19dez2

A ânimo acaba de registar a sua primeira grande vitória ... cívica ( outras se seguirão!). Se bem se lembram denunciámos aqui, há dias, a "vandalização" da estatuária do Palácio do Presisdente Aníbal, com a colocação de um ... megafone numa das estátuas do Palácio, assim:

belem5a

Pois bem, estamos em condições de afirmar que, após reunião do Conselho de Estado para deliberar sobre tamanho crime, a estátua está, finalmente, liberta do hediondo apêndice!

É Natal e em Belém , tudo bem!

19dez1

antónio colaço


publicado por animo às 11:13
link do post | comentar | favorito

MATINAS
19dez

Tal como Francisco de Assis, Louvado sejas, oh meu Senhor, por este esplêndido Irmão Sol!

antónio colaço


publicado por animo às 08:44
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2008
ÂNIMOS EXALTADOS.especial
pierofornazetti

Se reflectimos sobre o nosso problema com um estado de ânimo, ou outro, podem ocorrer-nos diferentes alternativas. Por exemplo, antes de dormirmos, quando estamos relaxados, muitas vezes podem aparecer-nos novas ideias; de facto, algumas pessoas têm nas suas mesas de cabeceira um pequeno livro de anotações para tomar nota delas. São ideias que, quiçá, logo, à luz do dia, quando as virmos a partir de outro estado de ânimo, possam parecer-nos absurdas, ou, então, descobrirmos que são realmente boas.

Se temos tempo, é conveniente pensar a partir de distintos estados de ânimo.

Alberto Vásquez, El País Semanal,9.11.08


publicado por animo às 18:53
link do post | comentar | favorito

MATINAS
 

dez18a3

dez18e

dez18cd

Embrulhado na neblina, deixo que o Teu sol me ilumine, todas as horas do meu dia.

antónio colaço


publicado por animo às 11:12
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2008
ÂNIMOS EXALTADOS
17dez3a2

A vontade de enfrentar as dificuldades dá-nos ânimo.

Continuaremos a governar com redobrado ânimo.

José Sócrates, jantar Natal GPPS, Refeitório dos Frades,Palácio S.Bento.

antónio colaço


publicado por animo às 22:29
link do post | comentar | favorito

MAÇÃO NEVE..R
nevemacao2c

nevemacao1a2

Mação Jardim Municipal.

nevemacao5b2

Largo do Cineteatro

nevemacao4b1

Praça Central

nevemacao6a

 Largo dos Bombeiros

Imagens cedidas por mão amiga, já há algum tempo, mas de que não recordo agora nem o nome nem o ano a que se referem. Imagino que sejam de finais da década de 70.

A neve não vem a Maomé, perdão, a Mação, então vai Mação até à neve!A Estrela e a Gardunha que até não estão assim tão longe!

Vem, neve!Agora ou NEVE..R!

antónio colaço


publicado por animo às 19:51
link do post | comentar | favorito

PARLAMENTO GLOBAL.APLAUSOS E INTERROGAÇÕES
17dez22

Os nossos amigos do Parlamento Global, com quem a ânimo tem as melhores relações, inovaram, esta tarde, ao acompanharem o debate parlamentar com  José Sócrates através de um blog específico e onde os leitores poderiam colocar, "minuto a minuto" (desculpa, lá, Luis Osório) os seus comentários.

Foi então que, ao descobrirmos o frenesi que se apoderou dos próprios deputados querendo postar, como a figura demonstra....

dez17d

e, não só, também na bancada do governo, pelo menos, o ministro Vieira da Silva entrou na liça, foi aí, dizíamos, que a ânimo, através do nosso colega José Delgado, tentou aproveitar o comboio e interpelar, imaginem só, o Primeiro Ministro, himself, pois então!

Claro, já não fomos a tempo e ficámos sem ouvir Sócrates convocando-nos para o ânimo que tanto precisamos.

Como nota final fica esta sensação de algum, como dizer, desconforto entre as dinâmicas geradas. Por exemplo, Diogo Feio, como consegue prestar atenção ao blog e...ao próprio debate?! Agostinho Branquinho parece ter tirado senhas atrás  de senhas tal a fúria interventiva bloguística. Faz mais sentido que este instrumento possa ser utilizado por quem está de fora do debate, os cidadãos eleitores, na tentativa de que o seu comentário possa ter tanto peso que algum deputado, isso sim, o introduza com a sua intervenção, no próprio debate. Assim, parecem dois debates em paralelo a ver quem chega primeira à meta!

Aplausos, Anabela Neves, e equipa, com interrogações à mistura.

antónio colaço


publicado por animo às 17:54
link do post | comentar | favorito

PRIVILÉGIO
17dez

Percebes, agora, Rui, o privilégio de começar, assim, o dia?! Não gosto daquela pintura, preferia beje, cinza ou mesmo bordeaux, para não falar do preto, claro.

antónio colaço


publicado por animo às 13:02
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 16 de Dezembro de 2008
JOÃO MESQUITA LANÇA "ESPAÇOS PERDIDOS"
joaomesquita1

João Mesquita, o segundo a contar da direita, jornalista e histórico dirigente do Sindicato de Jornalistas, ( o primeiro é o, também, grande amigo, Ribeiro Cardoso - que é feito de ti, oh, meu?!) lança, neste preciso momento, no El Corte Inglês, em conjunto com mais colegas jornalistas, o livro "Espaços Perdidos" que caracteriza alguns dos cafés de Coimbra que mais importância assumiram nos históricos anos que antecederam o 25 de Abril. A obra, da editorial Minerva, tem coordenação de João Figueira, ex-jornalista do DN/Leiria e professor de jornalismo na Universidade de Coimbra, com colaboração, para além do próprio João Mesquita, de Júlio Roldão, jornalista, ex-JN, Graça Barbosa Ribeiro, jornalista do Público/Coimbra, Paula Carmo, jornalista do DN Coimbra, Álvaro Vieira, jornalista do Público/Porto e Marco Carvalho, jornalista da TDM.

O deputado Osvaldo de Castro, vice-presidente da Associaçao Académica de Coimbra, aquando da greve de 1969, lançou um desafio ao presidente da câmara de Coimbra, Carlos Encarnação, para que tudo faça no sentido de preservar os cafés que ainda existem e reabilite aqueles que for possível.

espacosperdidos

Osvaldo Castro disse, hoje, à ânimo, que "Espaços Perdidos " é um livro importante para quem viveu em Coimbra, e ali foi estudante, porque aqueles espaços perdidos foram a infra-estrututra logística que permitiu a grande actividade cultural e política de todos conhecida  e onde se organizou a solidariedade entre estudantes que culminou na crise académica de 1969.Ali, desde livros, filmes da época, etc, tudo se discutia".

Grande João, para ti, um Grande Abraço. Até mais logo.

antónio colaço


publicado por animo às 19:41
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

DESÇA UM POUCO...
Sim,é apenas uma sugestão de leitura. "Desça" um pouco mais na ânimo, quatro degraus abaixo, perdão, quatro postes abaixo e veja, finalmente, a "CURTA-BLOGAGEM" da ânimo que o leva até Castelo Branco e aos seus biscoitos de azeite!

biscoitoscastelobranco

Sirva-se, entretanto, aqui de um ou dois!

antónio colaço


publicado por animo às 19:31
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Março 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

DA ARTE E DOS ESPAÇOS INE...

OBRIGADO, MANUEL

ANTONIO COLAÇO NO "VOCÊ N...

PE ANSELMO BORGES NOS ANI...

ANA SÁ LOPES NOS AAAANIMA...

ANA SÁ LOPES NOS ANIMADOS...

O OUTRO LADO DO AAANIMADO...

LISBOAS

CHEF PEDRO HONÓRIO OU AS ...

BALANÇO FINAL . JOAQUIM L...

REGRESSARAM OS AAANIMADOS...

IN MEMORIAM ANTÓNIO ALMEI...

PE ANSELMO BORGES NÃO TE...

MINISTRO CAPOULAS SANTOS ...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

CARDIGOS, AS CEREJAS E O ...

trip - ir a mundos onde n...

´WEBANGELHO SEGUNDO ANSEL...

ANDRÉS QUEIRUGA EM PORTUG...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

arquivos

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Outubro 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

tags

todas as tags

links









































































































































































































subscrever feeds