Domingo, 5 de Setembro de 2010
FESTAS DE SANTA MARIA. A REANIMAÇÃO QUE FAZ FALTA
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Coro das Adufeiras de Santa Maria é dos poucos sinais que nos reconforta a alma e que nos lembra a criatividade de outros tempos!Obrigado e parabéns!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As ruas, outrora floridas, fruto de prolongados e animados serões,têm, hoje, este triste e desolado aspecto.

Não se questiona os organizadores, no caso, a Filarmónica Maçaense, e sim a autarquia, que nunca mais percebe que devia agarrar com unhas e dentes o tradicional modelo que fazia todos os anos as pessoas tomarem conta da decoração das suas ruas concebendo para elas originais enfeites.

Ou, então, os moradores só são mesmo mobilizados quando dá....um jeitinho eleitoral!

É muito pouco.

Aliás, essa é mesmo uma filosofia que traz adormecida uma população inteira há mais de 30 anos.

Uma população que se acomoda a esta teia que nos tolhe os movimentos, a criatividade, a solidariedade,uma teia, numa palavra, sabiamente urdida por uma equipa autárquica nada interessada em partilhar quaisquer tipo de ....sobressaltos.

 

 

Em pleno centro historico, hoje, a Travessa do Fraião, "decorada" até mais não: com direito a ... televisão!

 

 

 A redacção da ânimo não deixou de polvilhar a rua com os aromas do Vale.Alecrim,hortenses e medronheiros deram uma ar da sua perfumada graça.

 

 

antónio colaço



publicado por animo às 20:38
link do post | comentar | favorito

Sábado, 4 de Setembro de 2010
WEBANGELHO DE ANSELMO BORGES

Pe Anselmo Borges

In DN, hoje

 

MADRE TERESA E O TEMPO

 

Se Madre Teresa de Calcutá fosse viva, teria feito cem anos na passada semana. De facto, A. Gonxha Bojaxhiu, mais tarde Madre Teresa de Calcutá, nasceu no dia 26 de Agosto de 1910, em Skopje (Albânia), actual capital da República da Macedónia. Mas diria mais tarde: "Realmente nasci no dia em que um leproso abandonado na rua morreu nos meus braços e me disse: 'Vivi como um cão, mas parto deste mundo como um anjo'."

Religiosa das Irmãs de Nossa Senhora de Loreto, deixou a Congregação, após uma experiência mística, em 1946, na qual teve a inspiração de dever entregar-se inteiramente ao serviço amoroso dos mais pobres entre os pobres, nos quais via o próprio Jesus.

A antiga professora começou então o que alguns chamaram o "magistério evangélico" de acudir a Jesus nos mais necessitados. Nasceu daí a Ordem das Missionárias da Caridade, hoje com mais de 700 casas em todo o mundo e um total de 5000 religiosas, que conta também com um imenso número de voluntários, que, seguindo o seu exemplo, dedicam parte do seu tempo a cuidar de doentes terminais recolhidos nas ruas, mães necessitadas, crianças deficientes.

Recebeu o Prémio Nobel da Paz em 1979. No  seu discurso, desafiou os presentes a irem ao encontro dos que também no Ocidente são apanhados pela pobreza não só de bens materiais, mas também de amor e atenção.  
Nas suas casas, não se faz discriminação: são atendidos tanto os cristãos como os hindus, os budistas, os muçulmanos ou outros.

Tornou-se uma das pessoas mais admiradas do mundo por crentes e não crentes. Junto ao túmulo vêem-se permanentemente pessoas de diferentes condições sociais e credos. Madre Teresa de Calcutá é verdadeiramente uma santa global e ecuménica. Não se percebe como é que o Vaticano ainda procura um "milagre" para a canonização, quando os únicos milagres são os do amor e esses já estão presentes na obra de Madre Teresa. O mesmo se poderia dizer do nosso Padre Américo.

 

Para mostrar a sua atitude face à vida, o jornalista Jesus Bastante, sintetizou, no estilo pergunta-resposta, o que chamou o "testamento" de Madre Teresa:
O dia mais belo? Hoje. A coisa mais fácil? Equivocar-se. O maior obstáculo? O medo. A raiz de todos os males? O egoísmo. O maior erro? A guerra. A distracção mais bela? O trabalho. A pior derrota? O desalento. Os melhores professores? As crianças. A primeira necessidade? Comunicar. O pior sentimento? O rancor. A pessoa mais perigosa? A que mente. A via mais rápida? O caminho certo. A maior satisfação? O dever cumprido. O melhor remédio? O optimismo. A mais bela de todas as coisas? O amor. As pessoas mais necessárias? Os pais. O mais imprescindível? O lar. O melhor presente? O perdão. O  sentimento que mais te bloqueia? A tristeza. O que te faz mais feliz? Ser útil aos outros. A força mais poderosa do mundo? A fé. O maior mistério? A morte. A sensação mais agradável? A paz interior.

Depois, como lema de vida, reflectindo sobre o tempo: "Vou passar pela vida só uma vez. Por isso, alguma coisa boa que possa fazer ou alguma amabilidade que possa ter com um ser humano devo fazê-la agora, pois não passarei outra vez por aqui."

No início de um novo ano lectivo e do retomar das lutas diárias, incluindo as políticas, é um lema urgente para todos.

Aí ficam também as palavras do Padre António Vieira sobre os pecados do tempo: "Uma das coisas de que se devem acusar e fazer grande escrúpulo os ministros é dos pecados do tempo. Porque fizeram o mês que vem o que se havia de fazer o passado; porque fizeram amanhã o que se havia de fazer hoje; porque fizeram depois o que se havia de fazer agora; porque fizeram logo o que se havia de fazer já. Tão delicadas como isto hão-de ser as consciências dos que governam, em matérias de momento. O ministro que não fez grande escrúpulo de momentos não anda em bom estado; a fazenda pode-se restituir, a fama, ainda que mal, também se restitui, o tempo não tem restituição alguma."



publicado por animo às 07:45
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 3 de Setembro de 2010
INVESTIR & DESISTIR . A BUROCRACIA TEM LIMITES

 

 

Admiro a persistência do Dr. Joaquim Silva, proprietário da Farmácia Silva e do recém inaugurado Café, Coffee Break 53 ( o antigo 53), ali aos pés do Hotel.

De há muito que o ouço falar em transformar este velho palacete, ali para as bandas da Abrançalha, bem visível da A23 (foto tirada em andamento!) numa moderna unidade hoteleira de Turismo Rural.

Os entraves da autarquia têm sido mais que muitos.

Numa época de crise, e tendo ouvido, apenas, a versão do meu amigo, pergunto-me que autarca se dá ao luxo de desperdiçar uma ocasião destas que ficará a constituir uma mais valia para a nossa terra?

 

 

Por que é que as autarquias tão rápidas a criticar a burocracia do Estado, usam da mesma, senão pior, lentidão, quando têm o poder  de decidir nas suas mãos?!

 

 

Não, não é preciso chamar nenhum "cubano" para ajudar a resolver a questão.

Fica o conselho:Senhora Presidente,Maria do Céu, desça à terra e tome lá um cafézinho com o Dr.Joaquim, no CF53!!!

Pode ser que, finalmente, o jovem empresário veja coroado de êxito a paciência de que tem dado mostras.

 

antónio colaço

 



publicado por animo às 08:21
link do post | comentar | favorito

AVANTE, MILÉNIO!

 

Este é um post muito atrasado. Tanto que o Expresso já registou aquilo que nós próprios, há muito, havíamos pensado fazer.

Em Mação, "Avante e Millenium", lado a lado.

 O capital de mãos dadas com.... o trabalho!!!!

Lindo!

O que faz a opção gráfica pelo ....grená!!!!

antónio colaço



publicado por animo às 08:10
link do post | comentar | favorito

MATINAS

E ao terceiro dia, ainda sem palavras para perceber o que é que tenho para fazer.

Agradecer, apenas e só.

Obrigado.

antónio colaço



publicado por animo às 08:10
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 2 de Setembro de 2010
AFINAL....

 

Pronto, lá se foi a tranquilidade conquistada.

Eu a pensar, como é bom acreditar em Deus.

Sem os problemas de antigamente. 

Afinal é o Google Earth quem está em toda a parte e ...não Deus.

Que chatice!!!!

2

Só tenho pena de não poder estar a voar sobre o meu Vale das Árvores - aqui, todinho - onde, de quando em vez, gosto de sentar-me a admirar a obra ali feita!

Doze anos depois, quem como eu ali entrou por entre altos silvedos e farto matagal para não falar das mil árvores de fruto em agonia e dos muitos pinheiros crescendo desmandados e olha, passados estes anos, não com os olhos do Google, mas com "estes dois que a terra há-de comer" e ainda me sentia como se de um pequenino braço de Deus me tratasse, tipo, "oi, Meu, deixa-me aí um bocadinho para criar, tipo, um furo para fazer água brotar, quarenta árvores de fruta para plantar, meia centenas de pés de videira de mesa para as refeições animar"....sim, que dizer, agora que leio as últimas do Stephen Hawking?!

3

Alguém que me ajude!

4

(Em pausa!!!)

 

 

DA SIC:

 

 

Da mesma forma que o darwinismo já tinha, no passado, rejeitado a necessidade de um criador no campo da biologia, também o conhecido astrofísico britânico argumenta agora - numa obra que em breve estará nas bancas - que as mais recentes teorias científicas rejeitam o papel de um criador do Universo.

Stephen Hawking afirma que o Big Bang - a grande explosão que originou o Universo - terá sido uma consequência inevitável das leis da física, o que contradiz a teoria que o cientista tinha defendido no passado, no livro "Uma Breve História do Tempo", publicado em 1998 e rapidamente transformado num êxito de vendas.

Nessa obra, Hawking sugeria que não existia qualquer incompatibilidade entre a existência de um Deus criador e a compreensão científica do Universo, chegando mesmo a afirmar que se a comunidade científica chegasse a descobrir a teoria completa, tal "seria o triunfo definitivo da razão humana" já que, nesse altura, "seria possível conhecer a mente de Deus".

No novo livro, intitulado "O Grande Desígnio" e que estará à venda a partir de 9 de Setembro, precisamente uma semana antes da visita do papa Bento XVI à Grã-Bretanha, o astrofísico sustenta que a ciência moderna não deixa lugar à existência de um Deus criador do Universo.

O cientista considera que a prova que sustenta o seu argumento é o facto de ter sido observado, em 1992, um planeta que girava em torno de uma estrela distinta do sol.

Hawking alega que essa observação comprova a possibilidade de existirem outros planetas e universos o que significa, em seu entender, que se a intenção de Deus seria criar o Homem, estão os restantes universos seriam redundantes.

O conhecido biólogo ateu Richard Dawkins felicitou já o astrofísico britânico pelas conclusões, dizendo que a opinião de Hawking é partilhada por uma grande parte da comunidade científica

 



publicado por animo às 15:35
link do post | comentar | favorito

O QUE É QUE NOS MOVE ? O QUE É QUE PROCURAMOS ? DESCUBRA AQUI UM PRINCÍPIO DE RESPOSTA

 

O que é que nos move? O que é que procuramos? A felicidade, uma vida plena e realizada.

O que é que os seres humanos buscam na religião? A felicidade, o sentido último, a salvação.

Depois, na história das religiões, o que é que encontramos? Um misto de bem e de mal, 

de graça e de desgraça, de felicidade e de infelicidade, de bondade sem limites e de horror sem fim.

Afinal, o que é que se passa?

___________________________

 

 

Estas são algumas das perguntas a que, por iniciativa do nosso querido amigo Pe Anselmo Borges e seus convidados, nos próximos dis 9 e 10 de Outubro, em Valadares, e de acordo com o programa que adiantamos, poderemos obter as tão desejadas respostas.

A ânimo estuda a agenda pois os temas são uma tentação!

antónio colaço

 

Está tudo aqui:

Clique no link!

 

Dia 9 de Outubro de 2010

10.00: Religião e (in)felicidade: ambiguidades das religiões

           Anselmo Borges (Organização do Colóquio)

11.30: Prazeres e beatitude

           Teresa Toldy (Universidade Fernando Pessoa)

14.30: Cérebro, prazeres e felicidade

           Miguel Castelo-Branco e Nicolás Lori (Universidade de Coimbra)

16.00: Sofrimento, Medicina e o Transcendente

           João Lobo Antunes (Universidade de Lisboa)

17.30: Deus e o mal

           Andrés Torres Queiruga (Universidade de Santiago)

21.30: As religiões e a paz. O diálogo inter-religioso

            Andrés Torres Queiruga e Paulo Borges (Universidade de Lisboa)

 

 Dia 10 de Outubro de 2010

9.30: : Memória das vítimas e sentido da História

           Manuel Reyes-Mate (CSIC, Madrid)

11.30:  Nirvana e religiões asiáticas

             Carlos João Correia (Universidade de Lisboa)

14.30: Elogio do inútil

           José Tolentino de Mendonça (Universidade Católica Portuguesa)

16.00:  A humanização de Deus

            José Maria Castillo (Universidade de Granada)

17.30: Palavra de encerramento

            Albino Valente dos Anjos

(Superior Geral da Sociedade Missionária Portuguesa)

 



publicado por animo às 12:51
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 1 de Setembro de 2010
SERVIR MESMO QUE DESLIGADO DO SERVIÇO
"Vim para servir e não para ser servido!".
Assim continuarei a fazer.
Improviso em Tom Maior, Opus/Ofício 415/DRH/AR/2010.
antónio colaço
 


publicado por animo às 15:48
link do post | comentar | favorito

POR ESTE TEJO ACIMA. JOÃO GRAÇA VIEIRA DE REGRESSO, AO LEME.

 

O João Graça Vieira está de regresso.

Suba para este "picareto" e deixe-se envolver pelo magnífico fim-de-tarde que o João preparou para os leitores da ânimo!

Um privilégio, João!

Imagens para as quais as palavras agradecem todo o silêncio.

antónio colaço

 

 

 

 

 

_____________________________________

 

Um novo dia e eis o João a convidar-nos, agora, para uma visita ao Parque de S.Lourenço!

Abrantes, sempre, claro!

Ou, como diria um "sujeito" que eu cá sei, ABRANTES ,QUANTO ANTES"!!!

ac

 

 

 

 

 

 



publicado por animo às 13:35
link do post | comentar | favorito

ÂNIMOS EXALTADOS

 

É bonito ver o Papa a dar ânimo aos mineiros chilenos.

 

TVI24,Familiar de mineiro soterrado



publicado por animo às 12:13
link do post | comentar | favorito

MATINAS

 

No dia do "regresso às aulas", saudades do melhor nascer do sol destas, como chamar-lhes, "espécie de férias".

Não é um queixume, muito menos um indisfarçável ciúme.

Apenas e tão só a chegada ao cume da montanha.

Quero ser digno deste privilégio.

Que nada nem ninguém me detenha.

Tu, és o meu sortilégio.

antónio colaço



publicado por animo às 08:16
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Março 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

DA ARTE E DOS ESPAÇOS INE...

OBRIGADO, MANUEL

ANTONIO COLAÇO NO "VOCÊ N...

PE ANSELMO BORGES NOS ANI...

ANA SÁ LOPES NOS AAAANIMA...

ANA SÁ LOPES NOS ANIMADOS...

O OUTRO LADO DO AAANIMADO...

LISBOAS

CHEF PEDRO HONÓRIO OU AS ...

BALANÇO FINAL . JOAQUIM L...

REGRESSARAM OS AAANIMADOS...

IN MEMORIAM ANTÓNIO ALMEI...

PE ANSELMO BORGES NÃO TE...

MINISTRO CAPOULAS SANTOS ...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

CARDIGOS, AS CEREJAS E O ...

trip - ir a mundos onde n...

´WEBANGELHO SEGUNDO ANSEL...

ANDRÉS QUEIRUGA EM PORTUG...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

arquivos

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Outubro 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

tags

todas as tags

links









































































































































































































subscrever feeds