Segunda-feira, 14 de Novembro de 2011
VÉSPERAS

 



publicado por animo às 23:41
link do post | comentar | favorito

LISBOAS

L



publicado por animo às 23:40
link do post | comentar | favorito

WEBANGELHO SEGUNDO FREI BENTO DOMINGUES

Mais um textinho que nos reconcilia com o melhor do cristianismo mas...como sobreviver se a seguir entras numa das grandes igrejas da cidade e te aparecem termos como "viver no TEMOR de Deus",ou "aqueles que, morrendo, vão ter de esperar algum tempo para que a sua alma seja..."descontaminada" uma vez que no céu não se pode entrar em pecado..
Ó balha-nos Deus...zz...zz
Obrigado, Frei Bento.
É deste lado que estou consigo ao lado de DEUS.

Vou entrar no céu agarradinho, não ao seu hábito, mas ao seu "Kispo" dominicano!!!

(Um dia interpelei Frei Bento num dos hipermercados de Belmiro,escolhendo...um Kispo!!!

"Mas que é isto, irmão, disse-lhe, não devieis estar na vossa cela a costurar vosso burel?!).

antónio colaço

 

 

(Faz duplo clique para conseguir leitura mais ampliada.Obrigado.)

 



publicado por animo às 11:12
link do post | comentar | favorito

MATINAS

 

Luz, trevas, água, inundação, angústia, Serenidade...

Isto anda tudo ligado.

Por vezes, parece que Desapareces...

Sabê-lo, continua a ser um privilégio.

Obrigado.

antónio colaço



publicado por animo às 11:07
link do post | comentar | favorito

Domingo, 13 de Novembro de 2011
MATINAS

Tejo,06.30.

 

Sem palavras.

A tempestade desarticulou todas as palavras que tinha convocado e de tanto granizo, como pedras, assim as suas tantas silabas, uma a uma, se escoaram pela Tristão Vaz abaixo.

O Tejo vos acolha e vos lave as mágoas da atribulada noite que carregais.

Obrigado.

antónio colaço



publicado por animo às 13:30
link do post | comentar | favorito

Sábado, 12 de Novembro de 2011
WEBANGELHO SEGUNDO ANSELMO BORGES

Pe Anselmo Borges

In DN

CULTURAS E CRÍTICA

 

No quadro da matança de Oslo e dos motins em Londres e outras cidades britânicas e das declarações, entre outros, de Angela Merkel e Cameron, aí está um tema incendiário, mas que precisa urgentemente de reflexão.

Que se entende por cultura? Esta é a definição clássica de Edward Barnett Tylor: "A cultura ou civilização, em sentido etnográfico amplo, é todo aquele complexo que inclui o conhecimento, as crenças, a arte, a moral, o direito, os costumes e quaisquer outros hábitos e capacidades adquiridos pelo Homem enquanto membro de uma sociedade."

Evidentemente, como sublinha Gabriel Amengual, poderia ter acrescentado, com a mesma razão, utensílios, ferramentas, etc. A cultura tem a ver com o que o Homem aprende, cria, inventa, para lá da natureza e adquire como membro de uma sociedade. Por isso, diz M. Harris que ela é o "corpo de tradições socialmente adquiridas", é o "estilo de vida total, socialmente adquirido, de um grupo de pessoas, que inclui os modos padronizados e recorrentes de pensar, sentir e agir".

Dentro desta definição, torna-se claro que é problemática aquela concepção elitista de cultura de que, por exemplo, os média, pelo menos inconscientemente, se fazem eco, quando se referem à cultura no sentido de actividades culturais consideradas superiores, como conferências, exposições artísticas, peças de teatro, filmes, etc. Todas as sociedades e grupos humanos têm uma cultura e todos os seres humanos são produto e produtores de cultura e são constituídos culturalmente.

Chegados aqui, é necessário reflectir sobre a cultura no sentido subjectivo e objectivo do termo. O primeiro, já dito no étimo - colere, cultivar -, tem a ver com o cultivo da terra (agricultura) e, depois, das capacidades humanas e, consequentemente, o seu aperfeiçoamento, chegando-se assim à cultura em sentido objectivo, que significa, como diz A. Ariño, "os resultados do processo de cultivo do ser humano, isto é, o estado do espírito cultivado pela instrução e o refinamento e a soma dos saberes acumulados pela Humanidade ao longo da sua História; em síntese, as criações e realizações do ser humano e das sociedades humanas."

No contexto do Iluminismo e da sua ideia de perfectibilidade humana, num horizonte teleológico, o sentido da História é o do aperfeiçoamento da razão e da liberdade, no quadro de uma cultura universal enquanto norma para a Humanidade.

Contra esta concepção da cultura no singular, Johann Gottlieb Herder foi dos primeiros a reivindicar com força a variedade das culturas, segundo a diversidade dos povos, e esta pluralidade não só não constitui inconveniente como, pelo contrário, é fonte de enriquecimento mútuo.

É aqui que surge a questão do relativismo cultural, que, segundo Gabriel Amengual, tem um contributo positivo, pois abala os fundamentos da perspectiva etnocêntrica e é um instrumento eficaz contra as pretensões de superioridade racial. Mas "converte-se em problemático, quando estabelece a incomensurabilidade, imponderabilidade e intraduzibilidade entre universos culturais e deriva para o relativismo moral ou cognitivo, que estabelece o carácter exclusivamente local dos valores éticos, estéticos ou dos critérios científicos".

Não temos o direito e o dever de criticar a nossa cultura, quando estão em causa os direitos fundamentais humanos? Então, não se impõe o mesmo direito e dever em relação às outras culturas?

Neste debate, estou com Monique Canto-Sperber, directora da Escola Normal Superior de Paris, quando diz que não pensa "que haja normas universais abstractas que possam aplicar-se a todas as culturas, mas antes normas universais concretas, fundadas em valores comuns e partilhados que são os mesmos para todos".

Defende, pois, o que chama "universalidade em contexto": bate-se pela "ideia de um núcleo duro de valores universais" - defesa dos direitos fundamentais da pessoa - "que se exprimem diferentemente segundo as culturas".



publicado por animo às 16:40
link do post | comentar | favorito

MATINAS


Uma nesga de sol.
Um dia triste porque sem sol ou o sol, ele mesmo,com um dia triste pela frente....sem nós?!
Sabemo-nos uns dos outros, sim.
Não estamos sós!
Obrigado.

antónio colaço

 



publicado por animo às 16:39
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 11 de Novembro de 2011
VÉSPERAS



publicado por animo às 23:28
link do post | comentar | favorito

LISBOAS


OE APROVADO....AR CONDICIONADO!
POR FAVOR, MANTENHAM ABERTAS AS JANELAS DA ESPERANÇA EM MELHORES DIAS!

 

Gui Delgado e o animador de serviço, num almoço com antigos alunos colegas de seu Pai, o grande poeta altoalentejano Manuel Carrilho Delgado que aqui de tempos a tempos recordamos. (CLICA NO LINK!).

Manel, como vês o teu puto está em forma.
A foto é que está um pouco desfocada tão focados estávamos todos, o fotógrafo incluído, em partilharmos a alegria de conhecermos a tua mais perfeita obra.
Ficamos a aguardar a mão cheia de palavras que queiras enviar-nos com a tua habitual Sabedoria à mistura com aquela habitual pontinha de salutar ironia.
Mas,Manel,curte-me essa Eternidade que bem mereces.
Aliás, esperamos que um dia nos mostres todos os Cantos à casa...
Eterno abraço!


No Rossio, Praça da Figueira e Rua Augusta, transformados na grande catedral de Santiago de Compostela com "botafumeros" em cada esquina.
Onde termina o fumo das castanhas e começa o friozinho da neblina?
Vem, S.Martinho e incensa o que resta desta noite com o resto do teu vinho.

 

 

 

Um penhor, este entardecer!

 



publicado por animo às 23:27
link do post | comentar | favorito

MATINAS



publicado por animo às 23:27
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 10 de Novembro de 2011
VÉSPERAS

 

 

Uma cidade cheia de luz, uma Luz cheia de lua.

Chegou um casal que se senta no banco.
Lisboa inteira namora como eles na rua.

Obrigado.

antónio colaço



publicado por animo às 23:35
link do post | comentar | favorito

LISBOAS

Chegou há pouco, veio de longe e disse:Lisboa a cidade onde se chega e onde se fica com vontade de partir para, de novo e tão depressa, querer regressar.

Este homem, soube agora, procura o seu baptismo de mar.

 

Imagino o desespero, a incontida ansiedade quando, descendo ao rio, a neblina lhes retardou a sonhada aventura.

Deve ter sido neste preciso instante que os nossos marinheiros inventaram os pastéis de Belém:

-Venham daí rapazes, não perturbemos com as nossas caravelas o nublado sono do mar.Vamos até aos Pastéis de Belém, deitar sortes, gozar o que os dias por aqui melhor têm!

-É o Infante quem no-lo ordena, junte-se a nós também!!!

-Quem se atreveu a chamar "IMPOSSÍVEL" às minhas caravelas?!As neblinas tardam em levantar, levantemo-nos nós por elas!!!!Já!!!!

 

OUTRAS VIAGENS....

Este amigo, de todo, não quer ou não pode rumar a S.Bento.Pudesse a menina do C&A, ao menos, acordá-lo...

 

Em dia de apresentação do Orçamento, meia dúzia de lamentos...

-E o povo, pá?!Onde é que ele está?!

Ó Mãe, quando eu for grande quero inventar bandeiras para desfraldar ao vento!!!Gosto tanto!!

 

À espera de Godot ou de como Pedro não "deixou" que os seus ministros encaminhassem os seus "passos" para os Passos Perdidos!

Coisa nunca vista em 21 anos de S.Bento!

-Que chatice, pá?!Onde é que está o povo, pá, perdão, os ministros, pá?!

Acho que esta Exposição deve ter sido encomendada pelo tio Pedro ao tio Xico Viegas, secretário de estado da Cultura, tipo, "tás a ver meu, como os ministros não vão para os Passos Perdidos deixando-me a falar sózinho no Plenário?!Boa Chico,chega-lhes!!!

Ai ele é isso,pá.Vou gozar, finalmente, o meu estatuto de jornalista de proximidade!Bora lá para baixo, para junto do meu quadrinho!!!!

-Jornalista de proxi....quê?!

-Quem é o senhor?!

-Eu sou do Sindicato...

-Do Sindi....quê?!!!!

 

 

S.Bento da Porta Aberta, debatei o OE por nós.Fazei que as contas  de algumas baratas tontas, acertem os seu "passos" com a nossa sofrida voz.É que,pelos vistos, há outras contas para fazer.Se a gente não se mexer, se a gente de conta fizer....

 

 

 Subamos ao Chiado, por S.Roque, uma Casa da Sorte até que dava jeito, irmão cauteleiro!!!

Em pleno Largo do Camões....credo!!!!Que azar o do Luiz,coisa mais parola, parece que está o homem a arder mais às suas odes!!!!

Se há crise, Luiz, tirem-te as luzes, filho, ao menos não te f......s!!!!

O Chiado sem iluminações é lindo, Menina!!!

-Menina estás à janela mas iluminação natalícia...quédela?!

Os Armazéns dão uma ajuda.Tão bonito este arranjinho de Natal!!!!

 

A sorte que tivemos todos os que passaram há pouco pelo Chiado!

Ponham aqui os olhos, senhores.

Esta é a verdadeira Iluminação de Natal em que vale a pena investir (deixámos-lhe os troquinhos todos!)!

Um homem,vestido a rigor e o seu violoncelo!

Ó que Natal tão belo!

 

 

E enquanto em S.Bento se discutia o orçamento que nos vai atordoar os dias, senhoras e senhores, a "Orquestra 7", e os seus bombos!

Ó senhor Governo, arrepias?!

antónio colaço

 



publicado por animo às 23:34
link do post | comentar | favorito

MATINAS

 

 

Gaivotas em terra com medo do mar, por que ficais, deixando os homens de 500, sózinhos na neblina com tanto para "achar"?!

E nós aqui, sem notícias, que as vossas asas bem poderiam aconchegar.

antónio colaço

 

 



publicado por animo às 23:33
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 9 de Novembro de 2011
VÉSPERAS

v



publicado por animo às 21:53
link do post | comentar | favorito

LISBOAS

Gaivotas em terra...e sem guarda-chuva.

Ou de como a nossa tempestade, em terra,é o abrigo seguro do seu tempestuoso mar.
Papéis rigorosamente cumpridos pelos protagonistas.

Ou...um destes dias abrigo-me no mar, das "tempestades" em terra....

 

E não pára de chover.

 

 

A chuva é uma ponte entre o céu e a terra.

Nuvens, bora lá bordar um cordãozinho para engalanar o Tejinho!

Montijo cá, Montijo lá.A tarde a assegurar a primeira consulta oficial do neto Francisco.
Está tudo bem com o rapaz.A crescer e a desenvolver-se em paz.
Obrigado

 

 



publicado por animo às 21:45
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Março 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

DA ARTE E DOS ESPAÇOS INE...

OBRIGADO, MANUEL

ANTONIO COLAÇO NO "VOCÊ N...

PE ANSELMO BORGES NOS ANI...

ANA SÁ LOPES NOS AAAANIMA...

ANA SÁ LOPES NOS ANIMADOS...

O OUTRO LADO DO AAANIMADO...

LISBOAS

CHEF PEDRO HONÓRIO OU AS ...

BALANÇO FINAL . JOAQUIM L...

REGRESSARAM OS AAANIMADOS...

IN MEMORIAM ANTÓNIO ALMEI...

PE ANSELMO BORGES NÃO TE...

MINISTRO CAPOULAS SANTOS ...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

CARDIGOS, AS CEREJAS E O ...

trip - ir a mundos onde n...

´WEBANGELHO SEGUNDO ANSEL...

ANDRÉS QUEIRUGA EM PORTUG...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

arquivos

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Outubro 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

tags

todas as tags

links









































































































































































































subscrever feeds