Domingo, 3 de Agosto de 2014
MONTIJOS


- Está a gostar de ver?!

  Isto já não há disto!!!
2

Ontem de manhã, junto à ciclovia do Montijo, Lisboa a perder-se no horizonte.
Este homem, talvez um dos derradeiros homens "sem jeito", quiçá, "sem carisma", insiste no amanho da terra.
Veio-me à memória um quadra popular alentejana que reza assim:

"Da terra é que a gente vive, da terra é a que gente come, e a terra depois come a gente!"

 



publicado por animo às 14:19
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

MATINAS

Tivesse o Majestic do Porto estes estaladiços croissantes da Mimosa,Montijo e seria o Céu na Terra.
Obrigado.

 



publicado por animo às 14:07
link do post | comentar | favorito

LISBOAS (DE ONTEM COMO SE HOJE FOSSE)PORTUGAL Á GARGALHADA com a nova revista do La Feria

 

A caminho do Politeama, um inesperado arco-iris sobre o histórico emblema do Glorioso nas Ruas das Portas de St.Antão.

Só soube depois da triste goleada com o Arsenal.

Enfim, é pré-época ninguem leva a mal!!!!!

 

 

Bilhetes na mão, ainda com tempo para o regresso a um lugar histórico da nossa relação!!!

 

 

LISBOAS
Imperdível o "Portugal à Gargalhada" do La Feria.
A cena do Panteão, onde uma esplendorosa recriação de Joaquim Monchique ressuscitando Amália e A onda do MacNamara, na Nazaré, onde a peixeirada estabelecida entre duas peixeiras, José Raposo e
outra vez Monchique, para não falar de Marina Mota a lavar as "partes íntimas" o mínimo possivel dado o pouco uso e ainda Maria João Abreu uma cabaretista cantora quase a ultrapassar Liza Minnelli, bem como o conjunto dos artistas em palco, mereceram os fortes e constantes aplausos de um Politema esgotado.
Filipe la Féria muito mais magro está de parabéns mais uma vez!
Era vê-lo, sorridentíssimo, a autografar Programas à entrada
.

 

 

 

 

 

O regresso ao outro lado do rio!

Lisboa aqui tão perto.

 



publicado por animo às 14:01
link do post | comentar | favorito

ânimo/serviço público A ENTREVISTA DE SEGURO AO PÚBLICO
ÂNIMO/SERVIÇO PÚBLICO
ANTÓNIO JOSÉ SEGURO ENTREVISTADO PELO PÚBLICO
Acho injustas as opiniões daqueles que consideram que o "velho Seguro" está de volta graças às desmedidas ambições de António Costa.
Para mim, este é o Seguro que sempre conheci.
"Não governarei a qualquer custo nem a qualquer preço!"
"Portanto, partidos que queiram desmantelar o Estado Social ou que sejam contra políticas públicas que  são indispensáveis para combater as desigualdades, para promover valores sociais, para promover a igualdade de oportunidades, pode ter a certeza de que não farei entendimento com eles"
De qualquer forma, obrigado António Costa.
antónio colaço

 

 



publicado por animo às 13:49
link do post | comentar | favorito

Sábado, 2 de Agosto de 2014
WEBANGELHO SEGUNDO ANSELMO BORGES

Pe Anselmo Borges

In Dn

UMA NOVA CONSTITUIÇÃO

 

Sobre o paradoxo da Igreja, o sociólogo Olivier Bobineau tem um texto penetrante e inexcedivelmente límpido. "A Igreja Católica é uma junção paradoxal de dois elementos opostos por natureza: uma convicção - o descentramento segundo o amor - e um chefe supremo dirigindo uma instituição hierárquica e centralizada segundo um direito unificador, o direito canónico. De um lado, a crença no invisível Deus-Amor; do outro, um aparelho político e jurídico à procura de visibilidade. O Deus do descentramento dos corações que caminha ao lado de uma máquina dogmática centralizadora. O discurso que enaltece uma alteridade gratuita coexiste com o controlo social das almas da civilização paroquial - de que a confissão é o arquétipo - colocado sob a autoridade do Papa. Numa palavra, a antropologia católica tenta associar os extremos: a graça abundante e o cálculo estratégico. Isso dá lugar tanto a São Francisco de Assis como a Torquemada."

Será este paradoxo, para não dizer contradição, superável?

Não há dúvida de que o Papa Francisco, com os seus gestos e palavras, está a dar uma nova imagem da Igreja, mais próxima de Jesus. Em vez de uma Igreja poderosa, rígida, ele mostra uma Igreja acolhedora, pobre, simples. Já não uma Igreja obcecada com o sexo, mas uma Igreja centrada na mensagem libertadora do Evangelho. Não uma Igreja inquisitorial, "alfândega", mas uma Igreja da misericórdia. Não uma Igreja "autorreferencial", mas uma Igreja ao serviço de todos, sobretudo dos das "periferias" geográficas e existenciais. Uma Igreja profética, que diz não ao deus Dinheiro, que mata. Uma Igreja que não discrimina mas que vai ao encontro também dos que pensam de modo diferente e que respeita a consciência de cada um. Uma Igreja que não tem respostas para tudo mas que procura a verdade, dialogando com as outras confissões cristãs, com as outras religiões, com os ateus e indiferentes. Uma Igreja com fé e em constante conversão.

Mas a outra vertente - a institucional - é igualmente decisiva. Também aqui, Francisco está a trabalhar com afinco. Faz questão de não se chamar Papa, mas Bispo de Roma, querendo, portanto, rever o primado papal, para caminhar no sentido da sinodalidade, dando lugar a um Sínodo deliberativo e não meramente consultivo e poder às conferências episcopais. Sem reforma estrutural da Cúria não haverá renovação. É preciso rever o modo de eleição do Papa, que pode ser entregue aos presidentes das conferências episcopais do mundo inteiro e outros representantes da Igreja universal. Os bispos deveriam ser escolhidos pelos padres das dioceses e por tempo determinado, podendo o seu mandato ser renovado. É urgente encontrar formas de controlo do poder, havendo também lugar para uma opinião pública na Igreja. A formação do clero, que em princípio não deveria viver do altar, tem de ter outro enraizamento na vida real (por exemplo, quantos padres vivem a angústia do possível desemprego?). Mais tarde ou mais cedo, acabar-se-á com a lei do celibato obrigatório e também com a discriminação das mulheres no acesso aos ministérios ordenados. Se a Igreja é o Povo de Deus e não a hierarquia, que está apenas ao serviço do povo, todos têm de ter lugar em toda a vida eclesial.

Sem uma nova Constituição para a Igreja, um outro papa poderia declarar que o pontificado de Francisco foi apenas um interregno, voltando tudo à situação anterior.

 

COMENTÁRIO
IMPERDIVEL
(...)
"De um lado, a crença no invisível Deus-Amor; do outro, um aparelho político e jurídico à procura de visibilidade. O Deus do descentramento dos corações que caminha ao lado de uma máquina dogmática centralizadora. O discurso que enaltece uma alteridade gratuita coexiste com o controlo social das almas da civilização paroquial - de que a confissão é o arquétipo - colocado sob a autoridade do Papa. Numa palavra, a antropologia católica tenta associar os extremos: a graça abundante e o cálculo estratégico. Isso dá lugar tanto a São Francisco de Assis como a Torquemada"

Mais um artigo que só pode ter a inspiração do  Espírito Santo.

O do Cenáculo, claro.

 



publicado por animo às 15:59
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 1 de Agosto de 2014
VÉSPERAS

 

Alcochete.
Entardecer, hoje.



publicado por animo às 23:52
link do post | comentar | favorito

LISBOAS


Uma sensação única, indescritível, um deslumbramento de alma, um contentamento no descompassado coração que não cessa de saltar:
levo no banco  de trás o meu primeiro Julio Pomar!!!

Quer dizer...versão serigráfica, entendamo-nos.
Um obrigado a quem tal possibilitou.



publicado por animo às 23:52
link do post | comentar | favorito

GOVERNAR ÀS CLARAS . ACABAR COM OS INTERESSES INVISÍVEIS

 

ÂNIMO/SERVIÇO PÚBLICO
a entrevista de António José seguro à visão

GOVERNAR ÀS CLARAS
ACABAR COM OS INTERESSES INVISIVEIS*
Excelente entrevista.
2

Para aqueles que, repetidamente, atè à exaustão, dizem que o "homem não tem jeito", "não tem carisma", bla, bla, assim como quem tem um James Dean da política na cartola como modelo a seguir, convenhamos que é dose cavalar!!!

 

Admito que incomode  alguns apoiantes de António Costa na parte que se refere à generalização dos apoiantes que "misturam política e negócios" mas....nunca ninguém foi tão longe como Seguro na denúncia do "partido invisível que capturou partes do Estado"!
Quem poderá, pois, sentir-se incomodado com esta verdade que dói?!
 3
Aqui chegados, é hora de dizer que este é o nó górdio que definirá a actividade de António José Seguro, uma vez eleito Primeiro-Ministro de Portugal, e pela qual responderá ao menor sinal de hesitação ou de indisfarçável conluio.
Mas era nisto que Seguro estava a trabalhar até ao dia em que foi surpreendido por uma inqualificável ambição, porque descontextualizada, anti-estatutária, o que se quiser, de alguém que quando devia ter avançado calculadamente recuou.
O preço a pagar por estes meses de forçado desgaste, só lamentavelmente qualificados de debate aberto, está para ser avaliado.
António José Seguro, que, para mim devia recusar publicamente  os 150 mil euros do dinheiro atribuído pelo depauperado PS para se dar a conhecer - quem sabe, apenas 15 mil euros bastassem, quando há gente que nem 15 euros tem para pagar a renda, o medicamento, o sustento - porque, de há muito, aldeia a aldeia, vila a vila, cidade a cidade, se tem vindo a dar a conhecer num tu-cá-tu-lá com os portugueses que o querem eleger depois de MELHOR O COMHECEREM!!!
antónio colaço
*Título da nossa responsabilidade

 

 

 

Clique nas imagens para leitura ampliada



publicado por animo às 10:47
link do post | comentar | favorito

TRATAR DA SAÚDE NAS FESTAS DA SENHORA DA SAÚDE

 

TRATAR DA SAÚDE
NAS FESTAS DA SENHORA DA SAÚDE, NO PEREIRO
As Festas da Senhora da Saúde, no Pereiro, estão à porta.
Aliás, graças ao empenho dos meus amigos  Antonio Maia João e Nelio Gaspar, mas também de Nuno Neto, entre outros,imparáveis na arte de dar a conhecer a todo o mundo o que se passa na sua acolhedora aldeia, é como se estivéssemos sempre em festa tal o frenesi com que dão conta do andamento e preparação da Festa do ano seguinte!!
Toca a agendar uma das romarias que melhor trata da saúde de cada um nestes conturbados dias que vivemos.
Parabéns, pessoal!
O pessoal do Pereiro, divulgando a sua festa na recente Feira Mostra de Mação.
NR
Agora mesmo, já depois de editado este post, chegaram as últimas da "infernal" máquina de divulgação do Pereiro!!!
Dão cartas a muito boa gente na arte de vender a pequena mas acolhedora aldeia do Pereiro!!!

 

 



publicado por animo às 08:56
link do post | comentar | favorito

PERTO DO PRINCÍPIO

PERTO DO PRINCÍPIO
Por estes dias a moda Joana Vasconcelos parece ter invadido tudo quanto é árvore em Mação.
Em boa hora as coordenadoras das idosas residentes nos Lares (ignoro, de todo, os seus nomes.Alguém mais informado intervenha, que agradeço) encontraram esta forma criativa de ocuparem os seus tempos livres.
Creio mesmo que foi a própria Joana Vasconcelos que veio beber à tradição popular deste tricotar dos dias e lhe deu a expressão internacional que hoje conhecemos.
De facto, lembro-me, perfeitamente da minha querida Mãezinha e suas vizinhas ocuparem as tardes de domingo a tricotarem as suas oegas, as suas "romeiras", capas com que se protegiam das manhãs friorentas de inverno.
Os parabéns, portanto, para quem levou por diante tamanha e criativa iniciativa, extensivos, como é óbvio, a todas as maçanicas ARTISTAS!

 

 

 



publicado por animo às 08:54
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Março 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

DA ARTE E DOS ESPAÇOS INE...

OBRIGADO, MANUEL

ANTONIO COLAÇO NO "VOCÊ N...

PE ANSELMO BORGES NOS ANI...

ANA SÁ LOPES NOS AAAANIMA...

ANA SÁ LOPES NOS ANIMADOS...

O OUTRO LADO DO AAANIMADO...

LISBOAS

CHEF PEDRO HONÓRIO OU AS ...

BALANÇO FINAL . JOAQUIM L...

REGRESSARAM OS AAANIMADOS...

IN MEMORIAM ANTÓNIO ALMEI...

PE ANSELMO BORGES NÃO TE...

MINISTRO CAPOULAS SANTOS ...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

CARDIGOS, AS CEREJAS E O ...

trip - ir a mundos onde n...

´WEBANGELHO SEGUNDO ANSEL...

ANDRÉS QUEIRUGA EM PORTUG...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

arquivos

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Outubro 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

tags

todas as tags

links









































































































































































































subscrever feeds