Quarta-feira, 24 de Setembro de 2014
VÉSPERAS

 

E cai a noite....



publicado por animo às 23:54
link do post | comentar | favorito

LISBOAS

Esta tarde, a sorte de subir a Almirante Reis na faixa contrária aquela onde desfilava qualquer coisa como o maior ajuntamento de caloiros  e finalistas  de toda a Academia de Lisboa, quer-me parecer!!!

 

 

 

 



publicado por animo às 23:40
link do post | comentar | favorito

PEDRA A PEDRA, TIJOLO A TIJOLO, POR UMA IGREJA VIVA apoio à construção da Igreja dos Pastorinhos

 

A nova Igreja dos Pastorinhos, em construção, nas Colinas do Oriente, entre os Bairros do Areias e Bairro do Esteval, Montjo.

 

 

Desde a primeira vez que participei na Eucaristia da minha nova área de residência, o Bairro do Esteval, no Montijo, nas instalações da sua Escola Primária, sentado nas minúsculas cadeiras onde a pequenada faz a sua aprendizagem, cuja sala é de novo reconvertida em sala de aula após a Missa dominical, despertou em mim, como dizer, uma sensação de me sentir nas primitivas catacumbas de S.Sebastião, em Roma, e que tive o privilégio de visitar.

Confesso que, embora tivesse feito uma pequena abordagem ao Pe Leonel Francisco, seu jovem pároco, dando-lhe conta de uma possivel colaboração pelo empréstimo do meu pequeno órgão portátil para a animação litúrgica, a verdade é que, aos poucos, persisti na descida até à Matriz do Montijo.
2

Entre as duas imagens que se publicam, medeia a iniciativa e a férrea vontade de dotar esta numerosa comunidade das Colinas do Oriente, do Montijo, de um espaço mais amplo e onde o encontro, à luz da fé em Jesus Cristo, se torne mais palpável.
Sempre com a evangélica  ideia de que, "onde dois ou três se reunirem em Meu nome, eu estarei no meio deles", ou, ainda, "vós sois as pedras vivas, os verdadeiros templos do Senhor" ou, ou....

 

3

Ou.... chegou a hora de ampliar o pedido de apoio dos nossos amigos, quer o Pe Carlos, quer o Pe Leonel, para que a obra fique pronta o mais depressa possível, que o mesmo é dizer, podermos, em breve, proclamar "Senhor, como é bom estarms aqui", à semelhança dos discípulos no Tabor dos nossos dias sem esperança!

 

A ânimo  desafiou o Pe Leonel e, numa visita à obra, demos-lhe conta de duas ou três sugestões de iniciativas a serem levadas a cabo, já com o tecto concluído, o que possibilita poder, neste ambiente ainda despojado, experimentarmos a ideia de uma Igreja outra, que se quer em permanente construção no mais íntimo de cada um de nós!
A seu tempo daremos conta das boas vontades que conseguimos reunir!!!
4

Para já, era mesmo importante, poder contribuir com alguns euros.

Por exemplo, se cada um fizer a conta a um euro por semana, dava 5 euros (arredondados!!!) por mês!

A  multiplicar por quatro meses, aí está como, daqui até ao final do ano, VINTE EURITOS davam jeito à conclusão das obras!!!
Basta fazer a respectiva transferência para as duas contas que indicamos!

É o que faremos ainda hoje!!!
E você, amigo leitor do Montijo, ou de qualqer outra parte do MUNDO onde chega esta pequenina e animada voz?!

 O prometido é devido, perdão, transfferido!O talão comprovativo ( preservadas as referências de carácter pessoal, como é óbvio).

 

Os NIBs são: 003600019910004945947 (Montepio Geral) e 004554614025447580414 (Caixa Agrícola)

 

Aí ficam os dois dedos de conversa com o Pe Leonel Francisco!
antónio colaço

 



publicado por animo às 12:02
link do post | comentar | favorito

OS QUADROS QUE FALAM recomeçaram as aulas na Academia Senior do Estanqueiro

 ACADEMIA SENIOR OS QUADROS QUE FALAM

 

Oficialmente está aberto o ano lectivo na  Academia Sénior do Alto Estanqueiro, uma iniciativa conjunta da Câmara Municipal do Montijo e da Afpdm - EPM integrada no Programa Junto de si.

Começamos, assim, muito mais cedo que o ano passado.

Por doença de algumas, e outras, por razões das suas vidas pessoais, ainda não foi possível estarem todas as alunas presentes, mas a aula de hoje foi de uma riqueza pessoal a todos os níveis. Tinha pedido a semana passada, e vai ser norma tal como no ano passado, que surpreendesse com um trabalho  de tema livre. Uma forma próxima dos conhecidos TPC!

Eis que a Elisa Lourenço me surpreende com este fantástico trabalho, que se torna ainda mais fantástico por sabermos a sua génese!

Um quadro atirado para o lixo que a Elisa lavou muito bem aproveitando a moldura e a madeira onde estaria uma velha e desbotada gravura. Nas marchas que faz com o marido vai apanhando restinhos de cerâmica de antiquíssimos pratos ( onde é que já vi isto?!Isto pega-se!!!) em que tropeça e eis a composição com que nos surpreendeu, ela mesma já "qualigrafada" (a sementinha ficou lá e já está a germinar!!!).

Ao explicar algumas das minhas recentes obras, e as técnicas utilizadas, disse-lhes que gosto de meter o quotidiano dentro dos quadros.

Eis, senão, quando, Elisa atira uma expressão que estava a faltar-me;

-Os quadros falam, sr. António!!!

Elisa acabava de dar o primeiro passo, a única e verdadeira oração de sapiência com que começámos o ano!

Obrigado, Elisa e Arminda.

A falar de ARTE é que a gente se entende!!!

 

 

 



publicado por animo às 11:18
link do post | comentar | favorito

OS OLHOS DA CORAGEM

 

OS OLHOS DA CORAGEM

No dia 28 de Setembro põe os olhos nestes olhos e DECIDE com quem queres seguir viagem.

Eu, por mim, CONFIO nos olhos que, contra tudo e contra todos os INTERESSES instalados escolhem o caminho da CORAGEM!!!

Força, António José Seguro

 

..................................................................................

2  

Já depois de editado este post, tomei a liberdade de deixar na página do meu querido amigo e camarada Raimundo Pedro Narciso, um comentário a este seu texto:

O TEXTO DE RAIMUNDO

 

Vou votar António Costa. É uma decisão anterior aos debates e às prestações telegénicas dos candidatos, nas primárias. Estas afinal só acrescentaram argumentos à opção inicial .   A agressividade, os ataques "ad hominem", o populismo de António José Seguro só agravaram a má imagem de "lider fraco" e titubeante perante o governo, em especial até ao desafio de António Costa.   O argumento hoje usado de indicar um apoiante do adversário como a prova das acusações de ligação deste a "interesses" é patética e tem o conhecido efeito maléfico do "tiro no pé".   Por outro lado parece de pouca astúcia aquele suposto "argumento" de que Costa não apareceu a querer "roubar-lhe o lugar "nestes três anos de dura oposição quando a missão era difícil” e vem agora quando as perspectivas são gloriosas. Mas “les faits sont “têtus” , os factos são cabeçudos, são teimosos e têm o mau hábito de não se conformarem aos objectivos de quem os quer manipular. Uma governação de catástrofe é o êxito garantido de qualquer oposição minimamente capaz e a de AJS foi o que se viu, fraquinha.  

As disputas políticas são sempre combates duros mas quando um contendor privilegia o ataque pessoal revela o desespero que taticamente deveria ocultar e… prepara a derrota.

 

O MEU COMENTÁRIO

 

Meu querido Raimundo, sabes a estima que tenho por ti, mas ver camaradas, como tu, e outros, a sentirem-se VERDADEIRAMENTE INCOMODADOS com a coragem do seu Secretário-Geral ELEITO, ele, sim, vítima de um inicial e verdadeiro ataque "ad hominem" só porque fez COM O NOSSO CONSENTIMENTO CÚMPLICE uma "oposição fraquinha", mon Dieu!!!

2

O que seria se hoje, António Seguro, com o mesmo reclamado "espírito de missão" viesse utilizar, não as desastrosas inundações da capital, mas a estafada argumentação de António Costa para defender o falhanço completo das respostas?! Então um é "fraquinho" a fazer oposição mas o outro é grandinho a governar a cidade dizendo que tudo foi rapidamente solucionado?!!Olha se na enxurrada de simpatizantes se contam muitas destas vítimas da conhecida sobranceria e arrogância do candidato com a espinhosa "missão" de "nunca deixar de responder aos desafios do PS"?! (Que eu saiba, não o desafiei a desafiar o Secretário Geral ELEITO!!!Mas quem sou eu, claro!)

3

Sim, eu quero acreditar que a Justiça portuguesa se encarregará de dar nome aos nomes dos tantos interesses que incomodam alguns de nós mas será que poderemos esperar de AC iniciativas idênticas às anunciadas com coragem por AS?! Não pode valer tudo, meu caro, e muito menos virgens impacientes e "evangelicamente" ofendidas.

Este era um debate que deveria ter tido lugar na altura certa, nos calendários certos, no lugar certo, o interior do partido, ou, então, esta democracia de conveniência que nos tem arruinado os dias continuará a fazer os seus estragos por mais 40 anos de um ABRIL À ESPERA DE ABRIL.

Deixo-te um abraço.



publicado por animo às 11:14
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 23 de Setembro de 2014
POR UM FUTURO SEGURO.DAR AS MÃOS,ISTO VAI SER DURO

POR UM FUTURO SEGURO

DAR A CARA . DAR AS MÃOS .

ISTO VAI SER DURO

 

Porque sim!

Final da noite memorável  de António José Seguro, em Lisboa, e de todos os que CONFIAM na sua capacidade de LIDERAR uma verdadeira MUDANÇA na forma de FAZER e, sobretudo, ESTAR NA POLÍTICA .

Nunca o vi tão seguro, tão convincente, tão acutilante, tão MOBILIZANTE e verdadeiramente empenhado em apelar à participação de TODOS na construção de um Portugal sem arrogantes, perdão, sem arrogância, sem petulantes, perdão, sem petulância, sem cartomantes, perdão, sem adivinhadores do futuro que querem construir à sua egocêntrica maneira.

 

António, todo este meu deslumbramento e dos mais de mil que enchemos a sala da "Casa do Alentejo", perdão, do Pátio da Galé, perdão, do Pavilhão Vistoso das Olaias, é para ter seguimento.

Eu confio em ti!

PS

Estreia absoluta nestas andanças, agora na qualidade de um outsider, ao lado do meu querido amigo Luiz Carvalho, também ele apostado em acreditar que desta vez é mesmo para MUDAR!

antónio colaço

 

DAR A CARA

Esta é uma fotografia de total e animada solidariedade e com cheirinho a pão de canela.

 

Os três da noite da grande saraivada!!!
Lisboa ficou, finalmente, de cara lavada, mesmo que um pouco esburacada.
(alguém permitiu que os acessos ao Pavilhão Vistoso estivessem naquele estado lastimoso!!!"Dedicação exclusiva" precisa-se)!!!
Abraços!!!

 

 

 



publicado por animo às 02:04
link do post | comentar | favorito

Domingo, 21 de Setembro de 2014
SER AVÔ É.....

SER AVÔ É

Querer estar nesta soalheira tarde na Fonte da Telha, fazer-me ao mar com os seus  pescadores a captar os mais ínfimos gestos de mãos e olhares e não poderes porque do Francisco tens de cuidar.

Querer utilizar o computador para editar mas não poder porque o Quico  está deslumbrado com as últimas aventuras do Ruca.

Ser Avô é tão giro, tanto como dizia o Vinícius do ter filhos: "Filhos, Filhos, perdão, seu Vinícius,"Netos, netos, melhor não tê-los mas...se não os temos, como sabê-lo?!"

Ser Avô é....ter de terminar este post porque o Quico está a chamar-me para ir andar com ele no... Alfa para o Porto (a cadeira do escritório com rodinhas que atinge loucas velocidades no corredor!!!).



publicado por animo às 16:31
link do post | comentar | favorito

MATINAS

 

MATINAS
Creio que outras bolsas chegarão a outros produtos finais mais elaborados mas, não desiludiu.
  Antes, o Aragonês de que também é feito este "terras de cante", contém o impulso necessário para nos fazer ver e sentir quanto o vinho em nós pode "cantar" mas, sobretudo, fazer-nos ver a vida como coisa de "encantamento"!
  Só por isso, estou grato às calejadas mãos e pés que me fizeram sentir atado à alentejana terra (Mourão, para o caso tanto faz)e assim permanecer fiel, c...om uma catártica lucidez, ao ofício de continuar VIVO!
  Por mais difíceis e "xistosos" (como diz o rótulo) que sejam os terrenos em que crescemos.
  Obrigado.



publicado por animo às 16:31
link do post | comentar | favorito

WEBANGELHO SEGUNDO FREI BENTO DOMINGUES

 

 

Frei Bento Domingues

In Público

Convidados para jantar, proibidos de comer (1)                      
        

A participação numa refeição pertence à simbólica da Eucaristia.

 

1. No contexto da preparação do Sínodo dos Bispos, convocado para o Vaticano pelo Papa Francisco, a realizar de 5 a 9 de Outubro, sobre os desafios pastorais da família no contexto da evangelização, é normal que se tenham intensificado, nos diferentes continentes, os confrontos de tendências pastorais e teológicas sobre os antigos e novos modelos de família.

Na realidade, desde o Vaticano II, não houve pausa nas controvérsias sobre as implicações da celebração católica do casamento. Não serão extintas no próximo Sínodo dos Bispos. O Papa Francisco não pode nem deve fazer tudo sozinho e tem de contar com os pedregulhos que os adversários da sua orientação lhe colocaram e colocam no caminho.

Não estamos na situação dos primeiros cristãos. Eles julgavam que o fim do mundo estava mesmo a chegar, como se pode ver nas cartas de S. Paulo aos Tessalonicenses. Os próprios textos do NT acusam uma certa evolução acerca do casamento, pois as comunidades cristãs tiveram de responder a desafios que Jesus não pode nem podia humanamente prever. Para lhe serem fiéis tiveram de inovar.

Por outro lado, se a identidade cristã da família não tivesse nada a ver com a pluralidade de mundos em mudança e tivesse sido configurada na eternidade, de uma vez para sempre, nem sequer seria precisa tanta despesa na preparação, nas viagens e na estadia, em Roma, dos 253 participantes dessa Assembleia, que continua mais representativa da hierarquia eclesiástica do que dos fiéis.       

2. O próprio Jesus nasceu na história de uma família com a qual nem sempre teve uma relação tranquila. A esse respeito, as narrativas de S. Marcos sobre a família de Nazaré são pouco piedosas.         

Depois do cenário da constituição dos Doze para a pregação, Jesus voltou para casa. A multidão era tanta que os familiares nem se podiam alimentar. Perante esse facto, “os seus saíram para o deter, dizendo, ele está louco”.     

Chegaram os escribas, os intérpretes da Lei de Moisés, confirmaram a sentença e manifestaram que era diabólica a causa daquela loucura: Beelzebu está nele e “é pelo príncipe dos demónios que ele expulsa os demónios”.    

O final desse texto regressa, de forma insólita, à questão da sua família: “Chegaram então a sua mãe e os seus irmãos e, ficando do lado de fora, mandaram-no chamar. Havia uma multidão sentada em torno dele. Disseram-lhe: a tua mãe, os teus irmãos e as tuas irmãs estão lá fora e procuram-te. Ele, porém, perguntou: quem é a minha mãe e os meus irmãos? Percorrendo com o olhar os que estavam sentados ao seu redor,  disse: Eis a minha mãe e os meus irmãos. Quem fizer a vontade de Deus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”(Mc 3).   

Sobre o ponto de vista familiar, a sua visita a Nazaré foi um desastre completo (Mc 6,1-6). Na narrativa de S. João diz-se, longamente, que os seus irmãos o gozavam e não acreditavam nele (Jo 7, 3-5).  

Existe um contencioso evidente entre Jesus, a sua família e a dos discípulos. Porque será? O seu propósito não era a destruição, mas a evangelização da família. Esta, grande ou pequena, não pode ser um mundo fechado. Não consta que este nazareno tenha constituído família, apesar dos romances que lhe atribuem. Ele pretendia algo que pode parecer uma loucura, mas que permanecerá como o verdadeiro sentido da história humana: somos todos filhos de Deus, chamados a fazer do mundo uma família de muitas famílias, de muitos povos e culturas. Somos todos irmãos.

3. Voltemos a assuntos caseiros que farão parte dos debates do próximo sínodo. A pergunta inevitável é esta: qual é o estatuto espiritual dos católicos que vivem em união de facto e dos católicos divorciados recasados?

Acerca dos que vivem em união de facto, há esperança que se venham a casar. Não há certeza de que não se venham a divorciar. Não está definido que os que vivem em união de facto não possam ser católicos e comungar.

Quanto aos divorciados recasados a controvérsia já conta com um grande dossier[1]. Houve a tentação de os considerar não católicos, de os situar fora da Igreja. João Paulo II não alinhou. Insistiu em que devem inserir-se na vida da Igreja, nas suas actividades e frequentar a Eucaristia.

Já ninguém se atreve a dizer que estão excomungados. Alguns configuram estratégias espirituais para que possam desenvolver uma profunda vida cristã e, na missa, comungarem espiritualmente, nunca, no entanto, aceder à comunhão sacramental. Mesmo em estado de graça divina, estão marcados por uma ruptura de uma aliança indissolúvel.

 

COMENTÁRIO

De todo, foi-me impossível a presença na passada sexta-feira na homenagem aos 80 anos do meu querido amigo Frei Bento Domingues.
Aqui ficam, pois, os meus mais sinceros parabéns, mas, sobretudo, o meu sentido OBRIGADO pela iluminação com que, continuadamente, nos ajuda a percorrer o caminho. 
Obrigado, Frei Bento!

2

MAIS UM WEBANGELHO DE FREI BENTO IMPERDÍVEL!!!
Eu acho que Frei Bento é como aquele vinho que sabemos, quanto mais "velho"....
Esta abordagem a um entendimento da família, na linha do mais puro pensamento do despojado Jesus é o máximo.
Nunca ninguém foi tão longe.
Nunca me senti tão perto daquilo que eu próprio sinto.
Obrigado, Frei Bento.



publicado por animo às 01:59
link do post | comentar | favorito

O CINISMO QUE ESPERA OS PORTUGUESES

 

CINISMO AO MAIS ALTO GRAU

QUEM DESENCADEOU O ATAQUE DE TODOS OS ATAQUES PESSOAIS, Ó EVANGÉLICO ANTÓNIO COSTA?!

 

COSTA ESTÁ OBRIGADO A ARRASAR O INFELIZ SEGURO OU OS PORTUGUESES VOLTAR-SE-ÃO PARA PASSOS&PORTAS

 

"O candidato às eleições primárias do PS António Costa disse neste sábado que continuará a não fazer "ataques pessoais" na campanha e diz que o seu adversário, António José Seguro, "já se convenceu" que não permanecerá líder do partido.

"Creio que António José Seguro tem optado por uma estratégia diferente porque no fundo, no fundo, já se convenceu que, como não vai ser secretário-geral, não tem que assegurar a unidade. Essa é a única explicação para fazer esta campanha tão infeliz, tão assente no ataque pessoal, tão assente na divisão de socialistas uns contra os outros", declarou António Costa."

In Público on line.

 

COMENTÁRIO

Mais palavras para quê?
É este o cinismo que nos espera?
É desta pesporrência e desta arrogância que os portugueses precisam?
É este o  continuado "respeito" de Costa pela democracia, que se arroga antecipar os resultados antes mesmo de acontecer a votação?!
De facto, a cada dia que passa Costa justifica a  "impaciência" que o levou a ultrapassar acordos, estatutos, em suma, o regular  e democrático funcionamento do partido!!!
Não é uma "infeliz" campanha de Seguro, antes, seguramente, um infeliz candidato que se propõe a primeiro-ministro!!!!



publicado por animo às 00:21
link do post | comentar | favorito

Sábado, 20 de Setembro de 2014
WEBANGELHO SEGUNDO ANSELMO BORGES

Pe Anselmo Borges
in DN
A CIÊNCIA E O DIVINO 2

É difícil, se não impossível, determinar qual a maior revolução da história da humanidade. Mas estaremos de acordo em conceder que a revolução científica no sentido moderno da palavra,se não foi a maior, está entre as maiores e decisivas.

A ciência exerce fascínio fundamentalmente por dois motivos. Um deve-se ao seu método empírico-matemático, de verificação experimental, que faz que seja verdadeiramente universal, não havendo, portanto, uma ciência para crentes e outra para ateus ou agnósticos. O outro: todos acabam por ser beneficiados pelas suas aplicações técnicas. O que devemos à ciência é incomensurável. Ela satisfaz a curiosidade natural do homem por saber, como bem viu Aristóteles, e também as suas outras necessidades: de saúde, bem-estar, locomoção, comunicação. Hoje, até se fala, mais propriamente, de tecnociência, pois a própria investigação científica precisa de tecnologia. Acrescente-se apenas que é preciso estar consciente dos perigos das tecnologias, como mostram as ameaças ecológicas.

É tal a dívida para com a ciência que se corre mesmo um risco e tentação: pensar que ela detém o monopólio da razão. De facto, não detém, pois a razão é multidimensional e há necessidades humanas a que a ciência não responde: por exemplo, a estética, a ética, a religião. O homem será sempre religioso, porque não deixará de colocar a questão do fundamento e sentido últimos.

Na continuação da semana passada, cito outros físicos eminentes na sua relação com o divino.

Max Planck: "Toda a matéria origina e existe apenas em virtude de uma força que leva a partícula do átomo a vibrar e mantém coeso este sistema solar muito diminuto do átomo. Devemos supor por trás dessa força a existência de uma mente consciente e inteligente."

Heisenberg: "Na história da ciência, desde o famoso julgamento de Galileu, tem sido repetidamente afirmado que a verdade científica não pode ser conciliada com uma interpretação religiosa do mundo. Embora eu esteja hoje convencido de que a verdade científica é inatacável no seu domínio próprio, nunca achei possível descartar simplesmente o conteúdo do pensamento religioso como parte de uma fase ultrapassada na consciência da humanidade, uma parte de que teríamos de desistir agora. Assim, no decurso da minha vida, tenho sido repetidamente obrigado a reflectir sobre a relação entre estas duas áreas do pensamento, uma vez que eu nunca consegui duvidar da realidade daquilo para que as duas apontam."

De Broglie: "Mesmo supondo a mais favorável das expectativas, que o amanhã sai do hoje de acordo com o jogo implacável de um determinismo estrito, a previsão de eventos futuros nas suas imensas densidade e complexidade vai infinitamente além de todos os esforços de que a mente humana é capaz e só seria possível a uma inteligência infinitamente superior à nossa. Portanto, mesmo que uma necessidade inexorável ligasse o futuro ao presente, poder-se-ia dizer que o futuro é um segredo de Deus."

Einstein respondeu à pergunta sobre se era uma pessoa religiosa: "Sim, sou, pode dizer isso. Tente penetrar, com os seus recursos limitados, nos segredos da natureza, e descobrirá que, por detrás de todas as concatenações discerníveis, resta algo de subtil, intangível e inexplicável. A veneração dessa força, que está além de tudo o que podemos compreender, é a minha religião. Nessa medida, sou realmente religioso."

............................................................................

VÉSPERAS

VÉSPERAS
Estive para limpar os sobreiros e os postes de cimento que me impediram o gozo em plenitude deste derradeiro adeus do sol, com Lisboa em fundo.
Afinal, acabaram por associar-se à sua maneira.
Obrigado.



publicado por animo às 17:07
link do post | comentar | favorito

MATERNIDADE

Foi o tempo de encostar à berma e surpreender esta família de brancos cavalos, ela mesma surpreendida com a minha presença.

-O senhor importa-se de nos deixar no recato do nosso lar?Tenho um filhote para amamentar.

 

Foto.Montijo, Bairro do Esteval.

 

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por animo às 16:34
link do post | comentar | favorito

IN MEMORIAM TIA MARIA FERNANDA (DE ONTEM COMO SE HOJE FOSSE)

 A chegar de um dia cheio de plena e reconfortante Luz, em Santa Luzia, Ourique, no mais íntimo do Alentejo profundo.  

Tia Maria Fernanda, afinal, sempre chegámos "indo" a Santa Luzia, mas a sua Luz foi mais brilhante que o esplendoroso sol que não se quis ficar atrás.  

 

Quando fotografava o branco desta fabulosa cal, uma velhota alentejana atirou-me " anda fotografando as misérias dos nossos muros?!", tendo-lhe dito que, em dia de tanta Luz, só me interessava o branco da cal alentejana, aquele branco inicial que nos aproxima do branco celestial e que a Grande Senhora que foi, já desfruta!  

Obrigado.

 

Rumo ao sul, a passar perto da matricial Messejana de meu querido e saudoso Pai.

 

 

 

 

 

 

 

 

 A2entardecer, o regresso a casa.



publicado por animo às 14:44
link do post | comentar | favorito

INTIFADA SOCIALISTA, PERDÃO E REDENÇÃO

 

Socialistas: sem tecto entre ruinas?....

Foto.Montijo, imediações.

 

INTIFADA SOCIALISTA, PERDÃO E REDENÇÃO

Tenho conseguido passar ao lado da cada vez mais mortífera INTIFADA socialista.  

Aqueles, como José Sócrates, que afiançam que o PS sempre saiu destas refregas mais consolidado (um pouco, curiosamente, na linha do que achou Marcelo, tentando lançar alertas para os seus correligionários) deixo um conselho: que aproveitem o período de reflexão que vai seguir-se e concluam se se sentem com mais motivações de esquerda, uma proporcional motivaçao tão genuina quanto a mútua e fraternal agressão.

Arrepio-me só de pensar, quantas quesílias e quantos cortes de relações originam, por exemplo, os processos de "partilhas" entre as famílias.   Na herança socialista (só pela amostragem das últimas horas aqui nas redes) como no restante quadro ideológico partidário, o conceito de PERDOAR ainda não ganhou direito a recolha de assinaturas, petição, abaixo assinado, manif expontânea, moblog, etc, que o eleja tema de desejado Congresso EXTRAORDINÀRIO.

Extraordinários que somos, e nos quais me incluo.



publicado por animo às 14:42
link do post | comentar | favorito

UMA EXPLICAÇÃO PARA TÃO GRANDE SEPARAÇÃO....

Lisboa, 1973, 21 anos.

 

Os últimos dias como que repetiram aquilo foi a nota característica do Verão: hospitais, funerais e outros tantos ais.

A ânimo/Facebook está sempre à mão, o mesmo não acontece com esta edição ânimo/blog daí esta tão extensa separação entre o animador de serviço e os queridos leitores.
A retomar a publicação dentro das próximas horas.

Obrigado.

 

PS
Quem conhece o Facebook sabe que um dos seus lugares mágicos é este da edição "fotografia de perfil" onde, amiúde, colocamos aquela que pensamos ser a fotografia que melhor nos identifica, ou, pelo menos, que identifica os nossos estado de alma.
Aqui tal não é possível.

Aqui ficam algumas das imagens mais recentes editadas sob o lema 

 

NOVAS DA ARTE DE ENVELHECER...
Aprender a não me angustiar pelos dias que envelhecem em mim,

mas que não me envelhecem....

Lisboa, 1973, às portas de Mafra, 1974.Abril a espreitar sem que o soubesse...

 

 Gavião, 1972, 20 anos,num almoço em casa da saudosa madrinha Lurdes.

Lisboa, 1973.

 

Lisboa, 1973.

 

 Porto, 1970, 18 anos, no Convento dos Cauchinhos no Ameal.

 Porto, 1970, ibidem.

Mação, 1963, 11 anos, às portas de entrar no Seminário Menor de Gavião.



publicado por animo às 14:21
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Março 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

DA ARTE E DOS ESPAÇOS INE...

OBRIGADO, MANUEL

ANTONIO COLAÇO NO "VOCÊ N...

PE ANSELMO BORGES NOS ANI...

ANA SÁ LOPES NOS AAAANIMA...

ANA SÁ LOPES NOS ANIMADOS...

O OUTRO LADO DO AAANIMADO...

LISBOAS

CHEF PEDRO HONÓRIO OU AS ...

BALANÇO FINAL . JOAQUIM L...

REGRESSARAM OS AAANIMADOS...

IN MEMORIAM ANTÓNIO ALMEI...

PE ANSELMO BORGES NÃO TE...

MINISTRO CAPOULAS SANTOS ...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

CARDIGOS, AS CEREJAS E O ...

trip - ir a mundos onde n...

´WEBANGELHO SEGUNDO ANSEL...

ANDRÉS QUEIRUGA EM PORTUG...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

arquivos

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Outubro 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

tags

todas as tags

links









































































































































































































subscrever feeds