Quinta-feira, 5 de Agosto de 2010
BEIRÃ OU O MILAGRE DE ANTÓNIO FEIO!!!!

De facto a net, quer dizer, esta coisa de podermos comunicar uns com os outros através dela surpreende-nos quando menos se espera!Mas...e o carácter inesperado da surpresa não é mesmo isso?

 

Vamos ver como corre o dia e se teremos a mesma coragem do António Feio (ei, ei...nada de confusões sr.animador,não compare uma "ciática", mesmo que inesperada com os desafios quer de Feio quer de Bettencourt, calma aí!!!) para, no meio da dor e da descoberta de como lhe pôr fim, encontramos alento, quer dizer...ânimo para dar conta desta fabulosa surpresa.

 

Para ilustrar a notícia sobre a morte de António Feio recorri à única imagem que guardo dos meus 6,7 anos (?) e da breve passagem por terras de Beirã, do concelho de Marvão, ali mesmo rentinho a Espanha e que podem rever alguns posts abaixo.

 

Acabo de ser surpreendido com o contacto de alguém que poderá ser um dos protagonistas desta foto!

Mais de 50 anos depois....

 

Obrigado, António Feio!Deixemo-nos de tretas, és o Maior!!!

antónio colaço

___________________________

 

A CARTA DE BATISTINHA

___________________________

 

Vi a fotografia publicada nas notícias de Marvão, a seguir à notícia do inesquecível António Feio. 

Identifiquei algumas meninas, como fala na Beirã, fiquei alerta, por isso gostava que  me dissesse qual o seu relacionamento com a Beirã, eu sou mesmo de cá, tenho 59 anos e gosto muito de saber tudo o que se relaciona com a minha aldeia e também gostava de saber se o conheci nos tempos escolares ou não.

Eu sou conhecida pela Batistinha,não sei se o nome lhe diz alguma coisa.

Fico a aguardar notícia.
Muito obrigada pela rapidez de resposta.
Batistinha
Fico a aguardar notícias e muito obrigado pela sua resposta

 

 

(Mail assiando por Graça Viegas)

 

__________________________________

 

NR

Da Beirã recordo as seguintes cenas:

 

1) Meu saudoso Pai, padeiro de profissão, alentejano de Messejana, cidadão do mundo,viveu ao sabor de patrões que reivindicavam a excelência do seu trabalho, não duvido.Tudo isso explica o sazonal vai e vém desde que um dia deixou a minha terra natal, Gavião, pegou na família e iniciou a aventura, rumando à Beirã, concelho de Marvão, inflectindo para Cardigos, concelho de Mação, indo e voltando por três vezes, Penhascoso, duas vezes, Ortiga, uma vez e, finalmente, Alvega, com regresso marcado a Gavião onde terminaria os seus dias.

Recordo a viagem nocturna para a Beirã, ao colo de minha mãe, na cabine da camionete que nos transportava bem como ...a "tralha" de que se iriam fazer os nossos dias. Para sempre ficou na memória o atravessamento de Castelo de Vide e a avenida com seus frondosos plátanos.

Ainda hoje recordo essa noite sempre que por lá passo.

 

2)Já na Beirã, para falar das coisas agradáveis...recordo os extensos campos de amendoeiras, as hortas com suas grandes melancias, o fascínio pelos comboios e as tantas brincadeiras que neles fizemos, ah, e os chocolates espanhóis que alguém trazia "a salto" e que, comidos em quadradinhos, religiosamente repartidos pelos dias, faziam as nossas delícias.

Ainda no capítulo das coisas boas recordo com saudade a grande cozinheira que a minha querida Mãe foi e os casamentos a que ia cozinhar sempre comigo por perto. É de um desses repastos que recordo, num misto de horror e espanto, um pato, degolado, que conseguiu escapar às mãos das algozes que o iriam cozinhar!!!

 

3)Mas a grande recordação que me fica para sempre é o meu precoce ajuste de contas com a justiça. No constante trepar às árvores a que nos dedicávamos, eis que uma das jovens árvores da avenida não resistiu às nossas colectivas tropelias  e, sem dar por ela, perante a debandada geral, fiquei por responsável do desmando, creio que se terá quebrado um ramo, sendo levado, banhado em lágrimas, até à esquadra da GNR local! Percebem, agora, os amigos mais chegados, porque sou dado a este indisfarçável culto da vitimização?!

 

E aqui tem, caríssima leitora, o retrato mais fiel possível desta breve incursão pela sua terra, sem esquecer uma Festa de Natal e a noção que me fica de ter sido a primeira vez que tal comemoração para mim ganhou significado!

 

Espero não tê-la desiludido.Claro que nunca mais tive contacto com os meus amigos de infância ali  retratados mas se um destes dias se proporcionar, por que não voltarmos ao Largo da Igreja e voltarmos a recordar esse momento!

 

Muito obrigado pela sua atenção

 

 

ULTIMA HORA

 

Já com a edição fechada tropecei no YouTube com estes vídeo que me souberam a pouco!!!E não é que as árvorezinhas que me levaram à esquadra, ali estão, agora, frondosas?!Ah se elas soubessem o quanto sofri!!!No 2º vídeo, mais dedicado à aldeia, reconheci o Café da Canada Dry que descrevi no texto In memoriam António Feio. A nossa casa ficava ao cimo da ladeira que as imagens registam. Um destes dias...

Aqui ficam!

A imagem parada deste 2º video mostra o Café onde vi António Feio, pela primeira vez, e onde me deliciava com a Canada Dry!!!É o edifício cor de rosa ao fundo, à direita, não duvido!

 

antónio colaço

 

 

 



publicado por animo às 07:56
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Março 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

DA ARTE E DOS ESPAÇOS INE...

OBRIGADO, MANUEL

ANTONIO COLAÇO NO "VOCÊ N...

PE ANSELMO BORGES NOS ANI...

ANA SÁ LOPES NOS AAAANIMA...

ANA SÁ LOPES NOS ANIMADOS...

O OUTRO LADO DO AAANIMADO...

LISBOAS

CHEF PEDRO HONÓRIO OU AS ...

BALANÇO FINAL . JOAQUIM L...

REGRESSARAM OS AAANIMADOS...

IN MEMORIAM ANTÓNIO ALMEI...

PE ANSELMO BORGES NÃO TE...

MINISTRO CAPOULAS SANTOS ...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

CARDIGOS, AS CEREJAS E O ...

trip - ir a mundos onde n...

´WEBANGELHO SEGUNDO ANSEL...

ANDRÉS QUEIRUGA EM PORTUG...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

arquivos

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Outubro 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

tags

todas as tags

links









































































































































































































subscrever feeds