Sábado, 15 de Janeiro de 2011
MATINAS / WEBANGELHO DE ANSELMO BORGES

 

 

Pe Anselmo Borges

In DN

O BISPO NO CASINO

 

 

Os casinos, que, pela sua natureza, andam ligados ao jogo, também podem ir além e tornar--se espaços de debates profícuos. Prova disso está o Casino da Figueira da Foz, que, ao longo de 2009 e 2010, foi palco desses debates, à volta de grandes questões, com figuras cimeiras, da literatura à política, da história à filosofia, da economia à teologia.

A última tertúlia, em Dezembro, teve como tema questões sociais e solidariedade, e o conferencista foi Carlos Azevedo, bispo auxiliar de Lisboa e presidente da Comissão Episcopal da Pastoral Social.

Já na segunda parte, ousei perguntar-lhe, utilizando uma via mansa: "Dizem as más línguas que as Faculdades de Economia e Gestão da Universidade Católica Portuguesa (UCP) seguem uma orientação teórica mais no sentido de um capitalismo neoliberal do que propriamente mais social." E ele, inesperadamente, tanto mais quanto também foi vice-reitor da Católica: "Eu também ouço essas más-línguas. Os meus ouvidos têm escutado esses comentários, o que deve levar a fazer crer que algum fundamento existe." Questionado por Fátima Campos Ferreira sobre se a Doutrina Social da Igreja não é aplicada nos cursos de gestão da UCP, respondeu: "Pelos vistos, não." Há uma cadeira que trata disso, "mas é capaz de ser uma cadeira um bocadinho isolada do resto".

Fátima Campos Ferreira observou que a UCP, neste domínio, se encontra no topo dos rankings. Carlos Azevedo retorquiu: "Foi dado o Prémio Nobel da Economia a gente que defendeu as teorias que agora são a causa da nossa desgraça. Portanto, não admira que também possa ser apreciado um certo tipo de gestão selvagem. Nem sempre o Prémio Nobel é razão de apreço ético quanto às consequências para o futuro. Mas sabemos que muitas Faculdades e também as da Católica, do ponto de vista da Gestão, foram numa perspectiva que era a onda."

Evidentemente, há a libertas academica, que é necessário respeitar, mas torna-se urgente uma conversão ao Evangelho. De facto, "estamos a ver, neste momento, que esse tipo de gestão não tem em conta a globalidade do desenvolvimento, o desenvolvimento integral, tem em conta apenas o lucro. E, de facto, as empresas, quando contratam esses gestores, exploram ao máximo, despedem quanto é preciso. São ferozes em dimensões humanistas. Não é esse tipo de gestores que respeita a Doutrina Social da Igreja".

E sublinhou o que já várias vezes aqui também tenho repetido: que o centro da economia e da política tem de ser a pessoa humana; que o primado é do ser e não do ter; que o trabalho é um bem escasso, que é preciso saber partilhar; que criámos uma sociedade irracional do consumo sem limites, que acaba por consumir-nos no stress, no sem sentido, na desumanidade.

Já depois da tertúlia, fui ver o filme-documentário sobre a crise: Inside Job. Lá está como a ganância dos especuladores sem regulação nos colocou à beira do abismo. O mais perverso: como professores prestigiados de Economia ensinaram teorias, não em função da cientificidade, mas dos seus interesses pessoais económico-financeiros.

Hoje, também por causa das novas tecnologias, é mais fácil aquela distinção a que já Martinho Lutero se referiu, há 500 anos, num sermão célebre (tradução um pouco livre): "Quando olhamos para o mundo hoje através de todas as camadas sociais, constatamos que não passa de um grande, enorme covil de ladrões... Aqui, seria necessário calar quanto aos pequenos ladrões particulares, para atacar os grandes e violentos, que diariamente roubam não uma ou duas cidades, mas a Alemanha inteira... Assim vai o mundo: quem pode roubar pública e notoriamente vai em paz e livre e recebe aplausos. Em contraposição, os pequenos ladrões, se são apanhados, têm de carregar com a culpa, o castigo e a vergonha. Mas os grandes ladrões públicos devem saber que, perante Deus, são isso mesmo: os grandes ladrões."

Desgraçadamente, o que Lutero disse, há 500 anos, referindo-se à Alemanha, continua válido para todo o mundo hoje, também em Portugal.

_______________________________________

 

MATINAS 

 

 

 

Obrigado, por estas 59 oportunidades de continuar a viver.

Obrigado, pela descoberta das LISBOAS de Lisboa em que não páro de apostar.

Obrigado, pelas pessoas que não páram de me surpreender.

Obrigado, pela Tua Iluminação, para que não páre, não!

 

antónio colaço

 

 



publicado por animo às 02:11
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



pesquisar
 
Março 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

DA ARTE E DOS ESPAÇOS INE...

OBRIGADO, MANUEL

ANTONIO COLAÇO NO "VOCÊ N...

PE ANSELMO BORGES NOS ANI...

ANA SÁ LOPES NOS AAAANIMA...

ANA SÁ LOPES NOS ANIMADOS...

O OUTRO LADO DO AAANIMADO...

LISBOAS

CHEF PEDRO HONÓRIO OU AS ...

BALANÇO FINAL . JOAQUIM L...

REGRESSARAM OS AAANIMADOS...

IN MEMORIAM ANTÓNIO ALMEI...

PE ANSELMO BORGES NÃO TE...

MINISTRO CAPOULAS SANTOS ...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

CARDIGOS, AS CEREJAS E O ...

trip - ir a mundos onde n...

´WEBANGELHO SEGUNDO ANSEL...

ANDRÉS QUEIRUGA EM PORTUG...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

arquivos

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Outubro 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

tags

todas as tags

links









































































































































































































subscrever feeds