Terça-feira, 30 de Junho de 2009
PEDREGULHO OU DE COMO UMA desGRAÇA NUNCA VEM SÓ
O Arqto António Castelbranco, filho, cede à ânimo o artigo que enviou para os nossos amigos do semanário Primeira Linha, de Abrantes, a quem agradecemos, igualmente, a cedência da respectiva  foto. Antes de o publicar, gostava de deixar muito claro que o meu amor por Abrantes é antigo e enquanto pude, enquanto nela estive, sempre defendi o seu bom nome por muito que algumas das memórias de alguns dos actuais protagonistas do facto já se tenham esquecido. A luta pela legalização das rádios livres fez de Abrantes uma pátria de todos os debates. Foi, também , com a minha colaboração, com a minha palavra, que a Central Termoelétrioca do Pego, a sua localização, então envolta numa polémica  - que só não conheceu os contornos de hoje porque ainda não tínhamos televisões, telemóveis, twiters, blogs... - pode ser debatida e discutida na rádio que, então, dava os primeiros passos. Fui eu quem coordenou, dentro e fora da rádio, os acalorados debates que então se realizaram. Fui eu quem no seio da rádio garantiu que por ali passariam todas as vozes, a favor e contra! Os abrantinos puderam dizer de sua justiça! Foi graças a um homem de que só recordo o primeiro nome, Eng Garcia, militante comunista, com uma poderosa, persuasiva e esclarecida capacidade de a todos nos esclarecer/convencer que a EDP está hoje no Pego!

Pois bem, o pedregulho que se aproxima vertiginosamente de Abrantes, não me parece ter percorrido todos os caminhos de um, ou mais  DEBATES abertos, sérios e AMIGOS DE ABRANTES!

Deixo-vos, colhidas este fim de semana, duas ou três imagens da Abrantes que eu gosto. Sem pedregulhos a ferir-nos os olhos e com as nuvens por companheiras, inteiras. Sem sombra de qualquer projectada sombra pedregúlhica!

abrantes2a

 

 

 

 

 

 

 

 

abrantes6a

 

 

 

 

 

 

 

 

1.E agora o texto do Arquitecto António Castelbranco. Ah, não deixem de passar pelos Comentários.Para aqueles que só agora aqui chegaram, têm esta petição ao vosso dispor. Sirvam-se, quer dizer, assinem!

2.O título deste post é da inteira responsabilidade do animador de serviço.

antónio colaço

______________________________________________

CastelBranco2A

 

 

 

 

 

 

Foto: Arqto Castelbranco (Primeira Linha)

No passado dia 25 de Junho, tivemos na Igreja de Santa Maria do Castelo a apresentação do projecto para o Museu Ibérico. Fiquei satisfeito por ver que houve interesse por parte dos abrantinos em assistirem a esta apresentação.

Os desenhos e as maquetas são de grande qualidade apesar das fotomontagens não representarem correctamente o volume que se pretende construir, que afinal não é de 30 metros de altura mas sim de 45 metros de altura (ou seja uma torre de 15 andares).

O arquitecto apresentou o projecto e falou bem, todavia, nem eu nem a audiência ficámos convencidos, o que de resto valeu um reparo de desespero por parte  do projectista, Carrilho da Graça, que perguntou se “na sala não há ninguém que goste do projecto?”.  Com efeito “as primeiras críticas de quantos encheram a Igreja de Santa Maria, no castelo, foram de tal modo corrosivas” que o autor do projecto procurou o apoio de alguém mas a audiência deixou claro que este projecto tal como está não se enquadra, não cabe e não fica bem no meio do centro histórico da nossa cidade.

Neste sentido, está a decorrer uma petição on-line - http://www.gopetition.com/online/28923.html -  que já conta com mais de 325 assinaturas (em menos de 3 dias) a pedir para que o projecto seja repensado.

Da conversa do projectista ficaram-me 3 argumentos:

1-       O projecto  respeita a beleza da paisagem de Abrantes e envolvente

2-      O projecto  respeita o delicado convento e o seu claustro

3-      O projecto  respeita tem um  diálogo entre a cidade e o museu

Quanto a mim, penso e disse que:

1-   O projecto não respeita paisagem nenhuma, impõe-se à paisagem

2-  Pelo seu tamanho (torre de 45 metros) o projecto não respeita o convento e muito menos a linguagem arquitectónica delicada do seu claustro

3- O projecto  não tem qualquer diálogo com cidade, terá um eventual  monologo, mas um diálogo NUNCA!

… e foi justamente isto que foi publicado no Público de Sábado: "Eu só vejo um monólogo - o projecto fala e a cidade ouve!"

Em todo o caso, deixo-vos algumas opiniões que foram emitidas pelas pessoas que votaram na petição on-line, e sugiro que vão ver o que Portugal (porque não é só Abrantes que tem votado) tem a dizer sobre este projecto.

- Para aberrações já bastam as que se estão a construir na Encosta Sul

- Estou farto de "caixotes", perante os quais devemos fazer mesuras e exclamações de admiração bacoca!

- Não é possível uma absurdidade como esta !

- Acho que se devem de pronunciar os abrantinos sobre um empenho deste calibre.
Obrigado


- Isto e' uma monstruosidade que só' cabe na cabeça do presidente

- Basta à ditadura dos arquitectos sobre o património e sobre a ignorância dos decisores políticos!

-Continuará este a ser um "Portugal dos Pequeninos" ? Haja visão de futuro e enquadramento paisagístico.
Basta de mamarrachos como o de Sagres!!!


- O País vai estando saturado de "mamarrachos". Em Abrantes, mais um, não!!

- O museu parece-me bem, mas não neste local. Com ou sem eleições, a localização deve ser discutida

-Por favor, deixem de desequilibrar as harmonias arquitectónicas tradicionais, em pseudo-criações (que são mais imitações) post-modernistas ou minimalistas, descontextualizadas e infectadas pelas megalomanias político-construtivas...

-Mais um tenebroso atentado urbanístico na nossa martirizada Cidade. Esta velha e florida urbe não merecia este funesto destino. Se é para "dar nas vistas", encham este -paralelepípedo estanque com terra e prantem-lhe por riba uma frondosa araucária!!!

- Basta de mamarrachos. Mandem os arquitectos fazer os seus delírios fora dos centros históricos

- Um edifício com a volumetria proposta e o impacto visual que promete causar, merece amplo debate e o consenso da população, que deve ser auscultada. Por isso assino pela suspensão do avanço da obra, já que está provado que a mesma não tem ainda consenso

Arqº António Castelbranco


publicado por animo às 17:18
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



pesquisar
 
Março 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

DA ARTE E DOS ESPAÇOS INE...

OBRIGADO, MANUEL

ANTONIO COLAÇO NO "VOCÊ N...

PE ANSELMO BORGES NOS ANI...

ANA SÁ LOPES NOS AAAANIMA...

ANA SÁ LOPES NOS ANIMADOS...

O OUTRO LADO DO AAANIMADO...

LISBOAS

CHEF PEDRO HONÓRIO OU AS ...

BALANÇO FINAL . JOAQUIM L...

REGRESSARAM OS AAANIMADOS...

IN MEMORIAM ANTÓNIO ALMEI...

PE ANSELMO BORGES NÃO TE...

MINISTRO CAPOULAS SANTOS ...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

CARDIGOS, AS CEREJAS E O ...

trip - ir a mundos onde n...

´WEBANGELHO SEGUNDO ANSEL...

ANDRÉS QUEIRUGA EM PORTUG...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

arquivos

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Outubro 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

tags

todas as tags

links









































































































































































































subscrever feeds