Quinta-feira, 30 de Janeiro de 2014
AAA-ANIMADOS ALMOÇOS . clipping de imprensa. a reportagem do Público (com a devida vénia)

 

AAA-ANIMADOS ALMOÇOS CLIPPING DE IMPRENSA
A reportagem do Público nas suas edições impressa e online.
Com a devida vénia.
antónio colaço

APRe! acusa Governo de "roubo legalizado" e "definitivo"...
    Melissa Lopes     29/01/2014 - 19:47

Maria do Rosário Gama, directora da associação de Aposentados, Reformados e Pensionistas, apela à "força do eleitorado" já nas eleições europeias,, como forma de protesto
“E diária a guerra que o Governo faz contra os velhos”. Foi desta forma que a directora da APRe! caracterizou esta terça-feira a política de austeridade do Executivo de Passos Coelho em relação aos mais velhos. Para Maria do Rosário Gama, o Governo está a preparar-se para tranformar a CES numa medida definitiva.
“Estamos fartos daquilo que está acontecer – trata-se de um “roubo legalizado nunca antes visto em democracia”, disse a convidada de honra de mais um AAA (Almoços Animados Ânimo), Maria do Rosário Gama, directora da APRe!, que considerou a austeridade um “ataque ao Estado social”, com consequências nefastas para a democracia.
O alargamento da CES (Contribuição Extraordinária de Solidariedade) proposta pelo Governo para compensar o buraco orçamental de 388 milhões de euros – resultante do chumbo do Tribunal Constitucional (TC) da convergência das pensões – é um “roubo institucionalizado e organizado”, disse a representante da APRe!, que já interpôs duas providências cautelares para contestar a medida.
“É um caso de polícia, estamos a ser roubados”, disse, lamentando o facto de o TC “deixar sempre a porta aberta para qualquer coisa”. Se o Orçamento Rectificativo for aprovado tal como está, teme que vão surgir casos de viúvos que vão ser alvo de dois cortes nas pensões. No entanto, a maioria já veio dizer que irá clarificar a norma para que tal não aconteça.
Para a representante da APRe! existe uma “névoa de quatro pessoas [membros do Governo], que estão a transformar a CES numa medida definitiva”. E questiona: “Com que direito é que o Governo assusta as pessoas desta maneira? Não foi para isto que lutámos pela justiça social”, contestou.
E crítica acesamente os dois centristas que estão no Governo, o vice-primeiro-ministro, Paulo Portas e o ministro da Solidariedade e da Segurança Social, Pedro Mota Soares: “Deviam ter vergonha quando dizem que os cortes não afectam”. “Não aceitamos ser taxados por mais um imposto extraordinário [CES], é uma taxa paga sem retorno”. “Os vampiros espreitam disfarçados de Troika, Passos e Portas”, acusou.
"Máxima do Governo: dividir para reinar" Maria do Rosário Gama lembrou as conquistas da democracia: “Abril abriu expectativas e mitigou desigualdades”, conquistas que teme estarem em risco. Verifica-se na sociedade portuguesa “uma divisão brutal entre jovens e velhos, trabalhadores e não trabalhadores, reformados da segurança social e reformados da Caixa Geral de Aposentações”, naquilo que a dirigente considera ser a máxima deste Executivo: “Dividir para reinar”
A representante da associação contestou também o facto de o Governo alegar que o peso dos pensionistas corresponde a 70% da despesa pública. “As pensões são pagas em regime contributivo, não vem dinheiro do orçamento para pagar pensões, estas resultam das contribuições de quem está no activo”, respondeu.
Para garantir a sustentabilidade da Segurança Social, defendeu que “é urgente criar uma solidariedade inter-geracional que ajude a pagar a factura”. A professora de Biologia na reformada salientou que a confiança dos cidadãos nas instituições está a diminuir e que a família está “debaixo de um tsunami”: “As famílias são a segurança social dos filhos e dos netos, os avós são o sustento dos mais novos”, disse.
A directora da associação retractou situações difíceis de idosos que se vêem obrigados a abandonar os lares por não terem dinheiro para continuar na instituição que escolheram antes de verem as pensões cortadas. Mas também há notícia de casos em que são as famílias que, não tendo outro rendimento, vão buscar os idosos dos lares para casa. 
Segundo Maria do Rosário Gama, a APREe! está a desenvolver formas de luta a vários níveis: através dos tribunais, do voto, das manifestações, e da tentativa de entrar no Conselho Económico e Social.
No entanto, considera o voto  a via de protesto mais importante. Maria do Rosário recordou a “força eleitoral” dos mais velhos, e pede que essa força se manifeste já nas eleições europeias. O objectivo é, como já está a acontecer, “fazer pressão junto do poder político e incomodar os políticos”.
A representante da APRe! teme aquilo que vai acontecer na Europa se, tal como se prevê, a direita e a extrema-direita ganhem terreno nas próximas eleições. “As pessoas quando estão zangadas vão para a extrema-direita”, receia.
Sobre o problema da falta de alternativas políticas, Maria do Rosário tem pena que a esquerda não se entenda, no sentido de criar uma candidatura comum com os outros movimentos criados recentemente (nomeadamente o 3D e o partido Livre). “A esquerda não se junta. Por um lado, os outros partidos de esquerda não se querem juntar ao PS por este ter assinado o memorando de entendimento com a troika. Por outro lado, o PS também não quer entender-se com partidos mais à esquerda”, analisa.
Em seu entender, estão também em risco os subsistemas de saúde e o próprio Sistema Nacional de Saúde (SNS). O aumento das contribuições para a ADSE, na opinião de Maria do Rosário, leva a que as pessoas tenham de recorrer aos privados – “que vão buscar dinheiro ao próprio Governo e aos contribuintes”.
Considera que “o Governo está a fazer tudo” para que os cidadãos deixem esses serviços, o que vai levar à “liquidação e degradação do SNS", sublinhou.
Como professora e ex-directora de uma escola secundária, falou da “degradação cada vez maior do ensino público”, e segundo as suas previsões: “A escola pública vai ser só a escola dos pobres”.
Ver mais


publicado por animo às 19:28
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Março 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

DA ARTE E DOS ESPAÇOS INE...

OBRIGADO, MANUEL

ANTONIO COLAÇO NO "VOCÊ N...

PE ANSELMO BORGES NOS ANI...

ANA SÁ LOPES NOS AAAANIMA...

ANA SÁ LOPES NOS ANIMADOS...

O OUTRO LADO DO AAANIMADO...

LISBOAS

CHEF PEDRO HONÓRIO OU AS ...

BALANÇO FINAL . JOAQUIM L...

REGRESSARAM OS AAANIMADOS...

IN MEMORIAM ANTÓNIO ALMEI...

PE ANSELMO BORGES NÃO TE...

MINISTRO CAPOULAS SANTOS ...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

CARDIGOS, AS CEREJAS E O ...

trip - ir a mundos onde n...

´WEBANGELHO SEGUNDO ANSEL...

ANDRÉS QUEIRUGA EM PORTUG...

WEBANGELHO SEGUNDO ANSELM...

arquivos

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Outubro 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

tags

todas as tags

links









































































































































































































subscrever feeds